Close de um olho vermelho por causa de uveíte

Dra. Alba Regina

A uveíte é a inflamação da úvea, camada média do olho que consiste na íris, corpo ciliar e coróide. Pode ter causas variadas, como traumas, doenças inflamatórias, autoimunes e infecções.

A doença pode surgir em qualquer época da vida, porém é mais frequente em adultos jovens. A gravidade varia de acordo com a causa, mas pode acometer o nervo óptico e a retina, levando à perda da visão.

Tipos de uveíte

Os tipos de uveíte são classificados de acordo com a região em que ela acomete. São eles:

  • Uveíte anterior: é a inflamação da íris (irite) ou desta e do corpo ciliar (iridociclite).
  • Uveíte intermediária: acomete a periferia da retina, o corpo ciliar e o vítreo.
  • Uveíte posterior: pode acometer a coróide, a retina e o nervo óptico.
  • Uveíte difusa (panuveíte): é a inflamação de toda a úvea.

Sintomas

Os seguintes sintomas podem ocorrer em um, ou ambos os olhos:

  • vermelhidão;
  • dor;
  • diminuição da acuidade visual;
  • pontos flutuantes escuros em sua visão (moscas volantes);
  • sensibilidade à luz;
  • visão embaçada.

Causas

Existem muitas causas de uveítes, o que torna o diagnóstico muitas vezes desafiador.

São algumas condições que podem estar relacionadas à uveíte:

  • artrite reumatóide;
  • espondilite anquilosante;
  • psoríase;
  • artrite;
  • colite ulcerativa;
  • doença de Kawasaki;
  • doença de Crohn;
  • doença de Behçet;
  • doença de Lyme;
  • esclerose múltipla;
  • sarcoidose;
  • herpes (simples e zoster);
  • retinite por citomegalovírus (CMV);
  • febre do Nilo ocidental;
  • doença inflamatória intestinal (DII);
  • síndrome de histoplasmose ocular presumida;
  • síndrome de Reiter;
  • síndrome de Vogt-Koyanagi-Harada (VKH);
  • lúpus eritematoso sistêmico (LES);
  • toxocaríase;
  • sífilis;
  • toxoplasmose;
  • brucelose;
  • tuberculose;
  • histoplasmose.

Por fim: a Uveíte tem cura?

O tratamento da uveíte depende da sua causa e tipo. Geralmente, são utilizados colírios antiinflamatórios e que relaxam a musculatura da íris e do corpo ciliar. Em alguns casos, pode ser necessário usar medicamentos orais.

Nas uveítes infecciosas, medicamentos específicos são utilizados. Nos casos de origem autoimune, possivelmente será indicada a imunossupressão.

A chance de cura das uveítes é maior se o diagnóstico for precoce. Notando algum dos sintomas citados, procure imediatamente um especialista.

E aí, gostou do texto? Saiba mais sobre o assunto em nosso artigo “Como prevenir o câncer de pele?”.

Continue conosco, afinal, estamos sempre buscando informações importantíssimas para você! Para isso, ficar fique de olho em nosso Blog e seguir nossos perfis nas redes sociais (Facebook e Instagram)!