Ultraformer para o rosto: como reverter sinais de envelhecimento?

Mulher em uma sessão de ultraformer para o rosto. Representação de como reverter sinais de envelhecimento.

O Ultraformer® é, talvez, um dos tratamentos que mais cito aqui no Convite à Saúde. Não à toa, ele é extremamente versátil, prático, simples e indolor. Além disso, sua tecnologia avançada é um verdeiro achado para o universo da estética facial. Afinal, ele é um dos poucos recursos que causam um efeito lifting na pele sem ser invasivo. Interessante, não é mesmo?

Hoje, dediquei um pouco do meu tempo para vir aqui conversar com vocês sobre o que essa técnica consegue entregar quando o assunto é o rosto. Então, para saber quais são as contribuições do Ultraformer® nessa parte do corpo humano (e, não por acaso, nosso “cartão de visitas”), continue comigo!

Primeiramente: o que é o Ultraformer e como ele funciona?

Ele é, na verdade, um equipamento que utiliza ultrassom micro e macrofocado para estimular a produção de colágeno nas camadas mais internas da pele. Como resultado, ela fica mais firme e elástica.

Funciona assim: ondas acústicas concentradas são emitidas sobre a região em que o paciente deseja tratar. Essa energia, ao entrar em contato com os pontos de coagulação dos músculos da pele, provoca uma espécie de “contração” que, por sua vez, estimula a produção de colágeno durante o processo de regeneração.

O procedimento é praticamente indolor (alguns pacientes têm uma leve sensação de choque) e costuma durar cerca de 40 minutos. Os resultados podem ser percebidos a partir do primeiro mês após o tratamento, e a quantidade de consultas, por fim, depende dos objetivos do paciente.

Normalmente, uma a três sessões por ano já são suficientes.

Como o Ultraformer pode ser usado no rosto?

1. Amenizando as olheiras

Quando as olheiras são involucionais, ou seja, aprofundadas e provocadas pela perda de volume na região das bochechas, e pelo afinamento e perda de elasticidade da pele ao longo do envelhecimento, o Ultraformer é uma excelente opção. Afinal, ele estimulará a produção de colágeno na região, devolvendo a firmeza à pele e, consequentemente, fazendo com que os olhos pareçam menos cansados e afundados.

2. Disfarçando as linhas/marcas de expressão

Na medida em que envelhecemos, nossa pele perde a elasticidade. Então, quando nós realizamos algumas expressões como, por exemplo, sorrir, chorar, assustar-se, irritar-se etc, a região movimentada pelos músculos faciais tende a adquirir algumas “marquinhas”.

Como exemplo, posso citar, os pés de galinha, e as rugas do sorriso.

Com o Ultraformer, as ondas acústicas elevam a temperatura da região em que são emitidas, provocando uma contração das camadas mais profundas da pele e o espessamento das fibras de colágeno.

Isso, em termos menos técnicos, significa que a pele terá o seu tônus fortalecido e, consequentemente, ficará mais firme, proporcionando um “efeito lifting” a ela.

Todo esse processo, ao final do tratamento, minimizará a aparência dessas linhas de expressão e dará ao rosto um aspecto mais jovial e descansado.

3. Diminuindo a papada

A papada ou, para os “mais íntimos”, o queixo duplo, nada mais é que um excesso significativo de pele abaixo da linha da mandíbula. Sua principal causa, quando pensamos em envelhecimento, e não ganho de peso, é a falta de colágeno e elastina, tornando a derme mais flácida e, consequentemente, caída.

Nesse ponto, o Ultraformer é excelente porque atua diretamente na raiz do problema, estimulando a produção das proteínas responsáveis por deixar a cútis mais firme e elástica.

No mais…

Caso você esteja preocupado(a) ou incomodado(a) com alguma região do rosto que possivelmente esteja associada à perda de elasticidade da pele, saiba que o Ultraformer é uma excelente solução.

 

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.

Dermatologia

Médico, especialista em dermatologia. Especialista em tratamentos dermatológicos cosmiátricos e em laser.

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *