Garota com resfriado espirrando em um lenço

Dra. Gloria Braga

O resfriado é causado por uma infecção viral do trato respiratório superior. O rinovírus, transmitido por meio de gotículas de saliva contaminadas, penetra nas mucosas, levando a uma inflamação local. É uma doença muito comum, principalmente nas crianças, que chegam a ter até 10 episódios de resfriado por ano. Ou seja? Mantenha seu filho protegido constantemente. Para saber como, é só continuar conosco.

Quadro clínico do resfriado – sintomas

Os primeiros sintomas de resfriado são, especialmente, mal estar, dor de garganta, nariz escorrendo ou entupido, espirros e tosse. No entanto, podem ocorrer, também, dor de cabeça, febre baixa, dores no corpo e perda de apetite.

Geralmente é benigno e autolimitado, ou seja, dura de 4 a 10 dias. Porém, em algumas crianças, ele pode evoluir para complicações como:

  • Sinusite: a infecção dos seios da face se apresenta com piora da dor de cabeça, obstrução nasal, secreção, febre e tosse persistentes.
  • Infecção do ouvido (otite): caracterizada por dor de ouvido e febre.
  • Asma: o resfriado pode desencadear a asma ou piorar o quadro de crianças asmáticas. Elas se apresentam com falta de ar, tosse seca, chiado e dor no peito.
  • Pneumonia: a criança que evolui com pneumonia apresenta febre alta, tosse, secreção, dor no peito e prostração.

Diagnóstico

O diagnóstico do resfriado é feito por meio do exame clínico. Nele, são afastadas outras doenças como, por exemplo:

  • faringite aguda bacteriana;
  • sinusite aguda;
  • rinite alérgica;
  • mononucleose;
  • gripe;
  • pneumonia.

Qual é a cura para o resfriado?

O tratamento do resfriado se baseia em:

  • primeiro de tudo, controlar a febre com medicamentos antitérmicos;
  • em segundo, utilizar bastante spray nasal de soro fisiológico;
  • finalmente, usar e abusar de umidificador ou vaporizador para aliviar a congestão nasal.

Uma criança que, após 3 a 4 dias de resfriado, não tiver sinais de melhora e apresenta febre persistente, prostração, tosse, secreção, dor no ouvido ou no peito e falta de ar, deve ser levada rapidamente ao pediatra para uma avaliação. Especialmente as mais pequenas, porque podem piorar rapidamente e têm risco de complicações graves.

Prevenção

Medidas de higiene simples podem ajudar a prevenir a infecção pelos vírus que causam resfriados. São algumas delas:

  • lavar as mãos com água e sabão previne a propagação da infecção;
  • friccionar as mãos com produtos a base de álcool se uma pia não estiver disponível.
  • limitar o contato direto com pessoas resfriadas;
  • lavar ou desinfetar brinquedos e objetos usados;
  • por fim, espirrar e tossir em um lenço descartável ou dentro da manga da camisa.

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.