Close de mulher realizando tratamento de cicatriz no rosto

Dr. Fábio Gontijo

Quem tem uma cicatriz em um local visível sabe o quanto ela pode incomodar. Se você tem o sonho de vê-la desaparecer, saiba que existem vários tratamentos de cicatrizes capazes de atenuá-la ou quase eliminá-la por completo.

Quer saber se algum deles poderia ser bom para o seu caso? Vamos descobrir agora!

Tipos de cicatrizes

Uma cicatriz é o resultado natural do processo de recuperação de um trauma, queimadura, cirurgia ou inflamação na pele. São muito comuns, por exemplo, cicatrizes no rosto causadas por acne.

Quando ocorre uma lesão na pele, o organismo rapidamente inicia o processo de reconstrução por meio da formação de colágeno no local. Só que isso acontece de forma apressada e desorganizada e o colágeno não é depositado seguindo o padrão correto da derme. A cicatriz formada é um tecido diferente, mais elevado ou afundado que a pele ao redor.

Como passar do tempo, o organismo tentar reorganizar a cicatriz substituindo aquele colágeno por outro mais organizado. No entanto, ela geralmente não desaparece totalmente, exigindo um tratamento de cicatrizes.

São alguns tipos de cicatrizes:

  • Cicatriz hipertrófica: tecido denso e elevado, mas que não se estende além do local da lesão. Esse tipo de cicatriz é comum e responde bem ao tratamento;
  • Quelóide: tecido denso, elevado e avermelhado que se estende além do local da lesão. Ele resulta de uma cicatrização anormal onde o colágeno é formado de forma descontrolada. Se uma pessoa tem tendência à formação de quelóide, um pequeno trauma, cirurgia ou queimadura podem resultar em uma cicatriz exagerada e dolorida.
  • Cicatriz atrófica: possui tecido mais claro que a pele e afundado. É típica da catapora e da acne;

E como prevenir uma cicatriz?

Sempre que houver uma lesão na pele, seja por trauma, cirurgia ou outra causa, alguns cuidados podem prevenir a formação de cicatrizes exageradas:

  • não mexa: Nunca esprema uma espinha ou tente remover a “casquinha” dos machucados;
  • mantenha as lesões em cicatrização sempre limpas e hidratadas: existem alguns produtos a base de silicone, muito usados após cirurgias plásticas, que cobrem a lesão e evitam que ela resseque.
  • não tome sol: proteja a lesão do sol com um curativo e, após cicatrizada, com um bloqueador solar potente.

Tenho uma cicatriz que me incomoda, o que posso fazer?

Existem vários tratamentos de cicatrizes disponíveis e eles podem ser usados isoladamente ou combinados para um melhor resultado. São eles:

1 – Cirurgia

A cicatriz hipertrófica ou o quelóide podem ser removidos cirurgicamente. Haverá a formação de nova cicatriz, porém medidas podem ser tomadas para minimizá-la.

No caso do quelóide, existe uma chance de recidiva após o procedimento, pois os fatores predisponentes continuam presentes. A técnica especial de “debunking”, que remove parcialmente o quelóide sem chegar até a pele normal ao redor, tem melhores resultados nesses casos, especialmente quando associada a medicamentos injetáveis e curativos compressivos com silicone.

2 – Folhas de gel de silicone e curativos oclusivos de silicone

São utilizados para reduzir a vascularização no local da ferida e inibir a formação do quelóide, principalmente após a cirurgia de remoção.

3 – Medicamentos injetáveis

Os medicamentos utilizados no tratamento das cicatrizes hipertróficas e quelóides reduzem a produção de colágeno e aumenta a ação da enzima colagenase, que degrada o colágeno já formado. Podem ser usados: triancinolona, bleomicina, 5-fluoracil e interferon alfa, beta e gama.

4 – Laser

Pode ser usado para reduzir um quelóide e melhorar o seu aspecto avermelhado. Porém, o resultado é melhor em associação com injeções de corticosteróide ou compressão.

5 – Crioterapia

Usa nitrogênio líquido para congelar o quelóide e provocar a sua redução. São necessárias várias sessões para obter resultados satisfatórios.

6- Radiação

Tem bons resultados quando aplicada após a cirurgia, para evitar a recidiva do quelóide.

7- Preenchimento

O preenchimento com ácido hialurônico tem ótimos resultados no tratamento de cicatrizes atróficas, especialmente nas de catapora e acne. A associação com o laser melhora ainda mais o efeito do tratamento.

Qual o tratamento de cicatrizes certo para você?

Se você possui uma cicatriz que te incomoda, procure a opinião de um dermatologista. Provavelmente ela pode ser eliminada ou pelo menos atenuada com o tratamento certo!

E aí, gostou do texto? Para ler mais conteúdos como este, fique de olho em nosso Blog e siga nossos perfis nas redes sociais (Facebook e Instagram)! Estamos te esperando.