Mulher com roupão olhando para sua pele em um espelho de mão

Dr. Fábio Gontijo

Aposto que você já ouviu falar sobre todos os tipos de pele (normal, oleosa, seca, mista ou sensível). Mas.. será que você sabe dizer qual é o seu tipo?

Bem, é para isso que estou aqui hoje! Vem comigo que vou te contar tudo sobre cada um deles. Depois desse texto, pode apostar que você saberá qual é o seu. Vamos lá?

Um pouco sobre os tipos de pele

Apesar de existirem 4 tipos de pele, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, é importante saber, primeiro, que isso pode mudar com o tempo. Por exemplo: pessoas mais jovens são mais propensas do que idosos a terem uma pele normal/oleosa.

Então, digamos que sua pele, assim como você, também passa por metamorfoses. O importante é identificá-las e saber como lidar com elas.

O que pode mudar, então, o estado da sua pele?

Fatores como:

  • Hidratação: você está ingerindo líquidos regularmente? Saiba que a quantidade de água na pele pode afetar a elasticidade e aparência desta.
  • Uso de cosméticos inadequados ao seu tipo de pele;
  • Ingestão de excesso de gordura e açúcar pode deixar a pele mais oleosa;
  • Sensibilidade a alimentos;
  • Alterações climáticas;
  • Genética.

Tipos de pele

Normal

Uma pele normal é aquela que costuma ter:

  • sensibilidade equilibrada;
  • textura aveludada;
  • poros pouco visíveis;
  • aparência saudável;
  • oleosidade na medida certa.

Ela é mais comum em crianças mas, mesmo assim, não se desanime! É possível chegar a ela! Ao final do texto vou colocar algumas dicas de como cuidar bem da sua pele, então fique comigo.

Já vou te adiantar, no entanto, que um dos segredos para conquistar esse tipo de pele é se hidratar bastante.

Mista

A pele mista é aquela que é seca em algumas regiões (como bochechas, por exemplo), e oleosa em outras (é o caso da famosa zona T – testa, nariz e queixo).

Esse é um dos tipos de pele mais comuns e exige cuidados apropriados para cada região.

Ela costuma ter:

  • poros que parecem maiores que o normal (por serem mais abertos);
  • cravos;
  • mais brilho;
  • algumas áreas ressecadas.

Seca

Suas principais características são:

  • poros quase invisíveis;
  • superfície áspera;
  • incidência de manchas vermelhas;
  • menos elasticidade;
  • linhas mais visíveis.

Ela ainda pode rachar, descascar ou ficar irritada e inflamada. Em casos mais graves, torna-se áspera e escamosa, principalmente nas costas das mãos, braços e pernas.

Ela pode ser causada ou agravada por:

  • fatores genéticos;
  • envelhecimento ou alterações hormonais;
  • exposição à radiação ultravioleta (UV);
  • banhos muito longos e quentes;
  • sabonetes, cosméticos ou produtos de limpeza inapropriados;
  • medicamentos.

Oleosa

Costuma apresentar:

  • poros dilatados;
  • brilho excessivo;
  • cravos, espinhas e manchas.

A oleosidade na pele pode sofrer algumas alterações dependendo das seguintes situações:

  • puberdade ou outros desequilíbrios hormonais;
  • estresse;
  • calor ou muita umidade.

6 cuidados básicos com a pele que você precisa ter

Lembra que falei que iria te contar algumas dicas de como lidar com a pele e alcançar um resultado que lhe agrade bastante? Pois é. Promessa é dívida!

Não importa qual é o tipo de pele que você tenha, estes passos logo abaixo vão te ajudar a mantê-la saudável e linda. Veja só:

  • use um protetor solar com fator de proteção acima de 30;
  • evite tomar muito sol e use sempre chapéu e óculos escuros;
  • não fume;
  • hidrate-se bastante;
  • limpe e hidrate sua pele todos os dias com produtos apropriados;
  • mantenha suas consultas com o dermatologista em dia. Só ele saberá exatamente do que sua pele precisa!

E aí, gostou do texto? Para ler mais conteúdos como este, fique de olho em nosso Blog e siga nossos perfis nas redes sociais (Facebook e Instagram)! Estamos te esperando.