Rugas de travesseiro: o que são e como lidar com elas?

Mulher deitada na cama dormindo e tendo uma boa noite de sono para tentar evitar as rugas de travesseiro

Todo mundo já disse, pelo menos uma vez na vida, que precisa de “um sono de beleza”. Porém, e quando essa noite causa várias rugas de travesseiro? Isso com certeza já aconteceu com cada um de nós e, bem, não é nada agradável acordar com mais marcas do que quando fomos dormir.

A boa notícia é que existem formas de lidar com esse problema e é sobre elas que vamos conversar hoje.

Primeiramente: o que são rugas de travesseiro?

São marcas provocadas, geralmente, por situações como dormir somente de um lado a noite inteira ou deitar-se em travesseiros/almofadas texturizados. Porém, vale ressaltar que a principal causa pela qual essas rugas são mais evidentes em algumas pessoas do que outras é a perda de colágeno e elasticidade da pele.

Essa perda, por sua vez, pode estar associada a diversos fatores como:

  • exposição excessiva ao sol: os raios UVA e UVB podem acelerar o processo de envelhecimento cutâneo, tornando a pele mais flácida;
  • tabagismo: a nicotina, substância encontrada nos cigarros, interfere em nossa produção de colágeno e elastina, tornando as linhas de expressão mais evidentes e dando à pele um caráter mais envelhecido e menos viçoso;
  • envelhecimento: é natural que, com o passar dos anos, nosso organismo produza cada vez menos colágeno e elastina. É por isso que as rugas são tão comuns na terceira idade.

Além disso, é importante ressaltar que as rugas de travesseiro são resultados de um hábito. Se você dormiu apenas de um lado em uma noite, as marquinhas do travesseiro podem até aparecer em seu rosto no outro dia, mas elas não continuarão por muito tempo.

Porém, se você tem o costume de se deitar somente com um lado da cabeça no travesseiro e permanecer nessa posição a noite inteira, durante todas as noites, essas rugas se tornarão permanentes. O mesmo vale para o uso constante de travesseiros e almofadas que têm forro texturizado.

A má notícia

Por serem adquiridas a partir de um hábito, as rugas de travesseiro dificilmente são eliminadas APENAS por tratamentos estéticos e boas rotinas de skincare. Afinal, não importa o que você passe no rosto se, no fim do dia, você continuará dormindo da mesma forma.

Agora, a boa notícia: é possível evitar as rugas de travesseiro?

O jeito mais prático de prevenir esse tipo de ruga é dormir de costas. Porém, sei o quanto isso pode ser difícil. Afinal, um adulto costuma se virar cerca de 20 vezes por noite. E, mesmo quando empenhado a mudar, é muito comum que ele acorde no meio da madrugada de lado. Porém, uma hora dá certo!

Você pode, também, comprar travesseiros comercializados especificamente para evitar essas marcas do sono. Alguns são projetados para ajudar você a se acostumar a dormir de costas, outros visam reduzir o contato facial com o travesseiro (como aqueles de ombro), e por aí vai.

E para quem já tem rugas de travesseiro?

Para quem já sofre com as marcas, alguns tratamentos podem ser utilizados. São eles:

1- Aplicação de toxina botulínica

A toxina botulínica causa uma paralisia localizada nos pontos de aplicação. O relaxamento dos músculos abaixo das rugas atenua a sua aparência.

Os efeitos são observados 5 a 7 dias após a aplicação e o tratamento dura em torno de 5 a 6 meses.

2- Preenchimento com ácido hialurônico

As marcas definitivas na pele não desaparecem apenas com a aplicação de toxina botulínica. Nesse caso, o preenchimento com ácido hialurônico é uma excelente opção, pois ele é capaz de preencher as rugas e, muitas vezes, eliminá-las completamente.

3- Skinboosters

Os skinboosters são produtos à base de ácido hialurônico aplicados através de múltiplas injeções abaixo da pele. Na derme, eles atraem água e proporcionam uma hidratação profunda. Rugas finas desaparecem e a pele fica sedosa e iluminada.

4- Laser

Existem vários tipos de laser para o tratamento de rugas de travesseiro e marcas de expressão: Nd-Yag qswitched (Spectra), luz pulsada, laser de CO2 e muitos outros. Eles podem ser também combinados para se obter resultados ainda melhores.

No mais, você é e sempre será linda de qualquer jeito!

Aí vai um fato inevitável sobre a vida: nossa pele VAI se tornar menos elástica com a idade. Afinal, a produção de algumas substâncias importantes para a sua firmeza e elasticidade vão diminuindo ao longo dos anos.

Você pode conseguir retardar algumas mudanças ao se proteger do sol, estabelecer uma boa rotina de skincare e investir em tratamentos que irão prevenir o seu envelhecimento.

Porém, é preciso entender que essas alterações fazem parte da vida. O importante é aprender a admirar e respeitar as mudanças. Afinal, junto a elas, vêm um punhado de histórias e experiências!

 

E aí, gostou do texto? Para ler mais conteúdos como este, fique de olho em nosso Blog e siga nossos perfis nas redes sociais (Facebook e Instagram)! Estamos te esperando.

Dermatologia

Médico, especialista em dermatologia. Especialista em tratamentos dermatológicos cosmiátricos e em laser.

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *