Close de uma mulher recebendo injeção de botox para tratar as rugas entre as sobrancelhas

Dr. Fábio Gontijo

Você já percebeu que, ao franzir o cenho, aparecem algumas rugas entre as sobrancelhas? Pois bem. Essa região, chamada glabela, é caracterizada por uma quantidade “extra” de pele que, ao ser movimentada pelos músculos da testa, tende a formar linhas que, com o passar do tempo, tornam-se mais evidentes.

Dependendo do formato do seu rosto, da rigidez da sua pele, da genética da sua família e, claro, da frequência com que você faz certas expressões, essas “marquinhas” podem ser mais, ou menos evidentes. A grande questão, no entanto, é que, como tudo que ocorre com a pele ao longo dos anos, a tendência é que esses sulcos estejam cada vez mais presentes em nossas vidas.

Sendo assim, se você não gosta da aparência dessas linhas, ou tem muito receio que elas pareçam cada vez mais evidentes, existe uma série de formas de preveni-las e tratá-las.

Para saber quais são elas, basta continuar comigo!

Afinal: o que são, exatamente, as linhas glabelares?

As marquinhas na glabela são caracterizadas pelas linhas verticais que aparecem no meio das sobrancelhas. Elas podem ser chamadas de linhas de expressão.

São exemplos de outros tipos de rugas de expressão para além das linhas glabelares:

Como se livrar das rugas entre as sobrancelhas?

Como já conversamos ao longo desse texto, as linhas glabelares podem ser fixas e/ou completamente inevitáveis para algumas pessoas, independentemente da rotina de skincare e esforços que elas exerçam. Isso sem falar que essas marquinhas, com o tempo, tendem a assombrar a todos.

Sendo assim, aí vão algumas opções de tratamento para amenizá-las:

  • botox (aplicação de uma toxina que paralisa os músculos sobre a região da pele em que é injetada, impedindo a formação das linhas. Para saber mais sobre esse procedimento, é só clicar aqui);
  • lifting facial (tipo de cirurgia cosmética que tensiona a pele do rosto e do pescoço. É, com certeza, o método mais invasivo e arriscado aqui citado);
  • peeling químico (é uma espécie de esfoliação realizada por meio de ácidos que, gentilmente, escamam a pele e amenizam as linhas de expressão);
  • microagulhamento com dermaroller (consiste na introdução de agulhas finíssimas na pele, promovendo o seu rejuvenescimento);

E por fim: como prevenir as rugas glabelares?

A melhor maneira de evitar as linhas glabelares é cuidar da saúde da pele desde cedo, antes mesmo delas aparecerem. Para isso, basta:

No mais, é importante lembrar que a genética, assim como a gravidade e o envelhecimento, em si, são fatores difíceis de se lutar contra, principalmente quando o assunto envolve as rugas e linhas de expressão. Porém, isso não quer dizer que não existem alternativas para amenizá-las!

Se você tiver uma ou mais marquinhas que lhe incomodam, não precisa sofrer! É só marcar uma consulta comigo para que nós, juntos, possamos estudar as possíveis soluções para o seu caso, combinado?

Um abraço e até a próxima.

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.