Quadro de tarefas infantil: como ele pode ajudar o seu filho?

Pai e filho deitados no chão com lápis nas mãos escrevendo em um quadro de tarefas

Dra. Daniela Lizia

Das muitas alternativas que os pais podem utilizar para orientar suas crianças pela trilha da organização, o quadro de tarefas infantil aparece bem protagonista. Afinal, nele, pais e crianças podem listar atividades cotidianas como fazer lição de casa, tomar banho, dormir etc.
Por isso, o fundamental é pensar que ferramentas como essa são pontes e, claro, entender que a consciência e os valores guiarão o uso de cada mecanismo de aprendizagem.

Envolva a criança

O quadro de tarefas infantil ganha adesão das crianças quando são confeccionados junto aos pais. Na internet, inclusive, tem vários modelos bacanas para você se inspirar (feitos em cartolina, EVA, feltro etc). Esse momento de criação pode ser bem prazeroso, também, para a família criar laços de comunicabilidade e criatividade.

Colocando a mão na massa

Aí vão algumas dicas para fazer um quadro de tarefas infantil que seja um elemento de aprendizagem divertido e eficaz:

Lembre-se de que todas as tarefas listadas precisam de estímulos

Se o objetivo for delegar a função ao pequeno de organizar algo, ofereça prateleiras, recursos e mostre como se faz. Se o propósito é fazê-lo comer direito, defina o que é ‘direito’ e mostre-o como isso é possível. Para isso, leve-o até a feira, apresente-o a novos alimentos, cozinhem juntos, montem os pratos juntos etc.

Insira expressões e ou elementos divertidos no quadro de tarefas

Ao invés de falar “hora do banho”, por exemplo, invente algo tipo “hora de ficar cheirosão!”. Além disso, ofereça buchas diferentes ou troque o sabonete de vez em quando para estimular o olfato.

Atente-se às nomenclaturas

Prefira usar expressões positivas para as tarefas. Exemplo: o termo “banho sem birra” pode ser trocado por “banho na hora certa”.

Crie um ambiente aconchegante e confortável para a hora de dormir

A criança precisa se sentir segura para dormir bem. Por isso, apague as luzes do quarto e deixe o abajur ligado. Dê ao pequeno um objeto que ligue-o aos pais. São exemplos: um travesseiro com cheirinho do aromatizador usado no quarto dos pais, uma pequena manta com o perfume da mãe etc.
Por fim, deixe a porta entreaberta. Se preferir, estabeleça um ritual como colocar/tocar/cantar uma música específica todo dia antes de dormir ou ler alguma história.

Seja coerente

Para fazer com que a criança obedeça aos pais, é preciso coerência. Só vale cobrar ou corrigir o que já foi estabelecido e ensinado. Use linguagem firme e saiba que isso não pressupõe perder o afeto.

Deixe a lição de casa mais divertida

Estimule, crie um ambiente descontraído para fazer os deveres. Disponibilize elementos como folhas coloridas, lápis apontados, recortes de imagens etc.
Se a aprendizagem é sobre proporções, desçam para o jardim e busquem, juntos, folhas caídas em tamanhos maiores e menores.

Dê recompensas

Explique pra criança, sempre, que um bom resultado traz benefícios. Escolham juntos tanto a meta, quanto a recompensa da semana.
A retribuição pode ser ligada a pequenos prazeres. É interessante evitar bens materiais, e nem sempre precisa ser algo que pressuponha movimentação ou agitação. Pode ser curtir um cd ou desenhar em família, por exemplo.
Lembre-se de que o mundo convida à agitação e certo ócio e/ou calma precisam ser resgatados.

Estabeleça objetivos executáveis

Perceba, durante a semana, se alguma das tarefas tem impedimento fisiológico ou não está ao alcance da criança por questões da cognição própria da idade. Nunca se esqueça de que tudo precisa ser atingível.
Por exemplo: observe se o tempo dado para a tarefa é suficiente, ou precisa ser dilatado. Veja, também, se as atividades são possíveis de serem executadas por uma criança. Por fim, analise o resultado. Se você não conseguir visualizar o produto final com clareza, mude e otimize os objetivos.

Nada precisa ser “a ferro e fogo”

Ajude ajustando. Negocie com a criança. E, principalmente, mostre a ela os benefícios maravilhosos do valor “organização”. Um deles é ter um tempinho de sobra para vocês curtirem muuuuito mais momentos em família. Outro é para ela aproveitar para fazer coisas que gosta muito e assim por diante.
Viu como um quadro de tarefas infantil pode ser essencial para o desenvolvimento da criança? Com ele, ela terá mais noção de suas responsabilidades e aprenderá a lidar com elas de forma leve e descomplicada!

Para ficar por dentro de assuntos como esse e, claro, outros temas que envolvem a saúde, basta ficar de olho em nosso Blog, curtir nossa página no Instagram Facebook e acompanhar nossas postagens no Instagram!

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *