Lipo enzimática: uma boa alternativa à lipoaspiração cirúrgica

Close na barriga de uma mulher que está tendo uma injeção de lipo enzimática aplicada pelas mãos de uma dermatologista que está vestindo luvas rosas.

Às vezes, não importa quanta dieta e exercício a gente faça, sempre há a possibilidade de lutarmos contra algumas gordurinhas localizadas aqui e ali. A boa notícia é que, apesar de extremamente comum, esse tipo de “infortúnio” tem diversas soluções. Hoje, vou falar sobre a mais simples delas: a lipo enzimática.

Este procedimento, que também pode ser utilizado como uma alternativa ao emagrecimento, é minimamente invasivo, simples e apresenta resultados incrivelmente positivos. Ao contrário da lipoaspiração tradicional, ele consegue diminuir a concentração de gordura em diversas partes do corpo sem a necessidade de intervenção cirúrgica.

Para saber todos os detalhes sobre essa técnica, continue comigo!

Como a lipo enzimática funciona?

O procedimento costuma levar cerca de 30 minutos e conta com anestesia local, para maior conforto do paciente.

Após a higienização das regiões a serem tratadas, o especialista aplica pequenas injeções que contêm enzimas que destroem a gordura corporal. Quando aplicadas, elas desfazem as paredes das células adiposas, quebrando-as para liberar ácidos graxos.

Traduzindo todo esse “mediquês”, isso quer dizer que elas eliminam a gordura permanentemente, levando a resultados muito eficazes e eficientes.

Os locais que receberão as injeções são estrategicamente selecionados pelo especialista, assim como a técnica de aplicação a ser utilizada. Os resultados podem ser ainda melhores com o uso de roupas de compressão, drenagem linfática (7 dias após a sessão), atividades físicas e dieta balanceada.

Efeitos colaterais

Após o tratamento, é comum que as regiões que receberam as injeções fiquem um pouco vermelhas, inchadas e sensíveis. Além disso, alguns pacientes descrevem a presença de nódulos e hematomas exatamente no local da aplicação.

Todas essas reações são extremamente comuns e, portanto, não são motivos para preocupação. Porém, caso elas permaneçam por mais de duas semanas, ou você sinta algum dos sintomas a seguir, converse com o seu médico:

  • dor;
  • dormência;
  • formigamento;
  • hipersensibilidade.

Vale ressaltar, ainda, que a lipo enzimática, assim como qualquer outro procedimento estético, possui algumas contraindicações. Então, ela não é recomendada para: pessoas que têm alguma doença autoimune ou de pele, sofrem de alergia às enzimas utilizadas, gestantes e lactantes.

Resultados

Devido à ação das injeções, é comum que alguns resultados possam aparecer logo nos primeiros dias. Porém, é normal que eles sejam 100% aparentes seis semanas após a lipo enzimática.

Cuidados pós-procedimento

Após o tratamento, não é recomendável:

  • ficar exposto ao sol;
  • praticar atividades físicas vigorosas e exigentes por até 2 semanas após a sessão;
  • aplicar cosméticos na área tratada nas primeiras 24 horas após o tratamento;
  • fazer outros tratamentos cosméticos ou de beleza na mesma região que recebeu a lipo enzimática por até uma semana.

Por fim, as recomendações gerais são:

  • usar protetor solar;
  • evitar bronzeamento artificial;
  • usar vestimentas de compressão após o tratamento.

No mais…

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.

Dermatologia

Médico, especialista em dermatologia. Especialista em tratamentos dermatológicos cosmiátricos e em laser.

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *