Inchaço nas pernas: o que pode ser, e como lidar?

Médico encostando em perna inchada de paciente que está com inchaço nas pernas.

O inchaço nas pernas, pés e tornozelos, também conhecido como edema periférico, é caracterizado pelo acúmulo de líquido nessas partes do corpo. Esse quadro, geralmente, não é doloroso e costuma ser mais frequente nos membros inferiores justamente em função da gravidade. No entanto, quando provocado por uma lesão, pode causar dor e bastante desconforto.

Vale ressaltar, ainda, que esse quadro é mais comum em adultos e pode ocorrer em um ou ambos os lados do corpo.

Embora o edema periférico, por si só, não represente um risco significativo à saúde, é importante saber sua causa. Afinal, esse inchaço pode indicar um problema de saúde subjacente e que, portanto, precisa ser tratado.

Porque as pernas incham?

O inchaço nas pernas ocorre por dois motivos principais:

  • Retenção de líquidos: isso acontece, normalmente, quando a pessoa fica de pé, ou sentada por muito tempo. Contudo, também pode ser decorrente de sedentarismo, sobrepeso ou ainda de uma condição mais séria.
  • Inflamação: na presença de uma doença inflamatória, como a artrite, ou mesmo de um trauma, ocorre edema dos tecidos.

Causas do inchaço nas pernas

Várias coisas podem levar ao acúmulo de fluidos nas pernas. Entre elas, podemos citar:

  • Insuficiência cardíaca congestiva: ocorre quando o coração está muito fraco para bombear todo o sangue que seu corpo precisa. A longo prazo, isso leva ao acúmulo de fluidos, especialmente nas pernas;
  • Trombose venosa profunda (TVP): na TVP, uma ou mais veias da perna apresenta um coágulo, que impede que o sangue retorne ao coração. O quadro geralmente é acompanhado de dor e edema do membro acometido.
  • Varizes e insuficiência venosa crônica: as varizes são veias dilatadas decorrentes do acúmulo de sangue, que tem dificuldade de retornar ao coração. O inchaço nas pernas é um dos sinais da insuficiência venosa, associado à dor, sensação de peso nas pernas e alterações da pele.
  • Problemas renais: tanto a doença renal crônica quanto a insuficiência renal aguda podem causar inchaço nas pernas. Afinal, a água e os resíduos no sangue não são eliminados corretamente, fazendo com que haja um acúmulo dessas substâncias no corpo, especialmente membros inferiores;
  • Medicamentos: às vezes, as pernas inchadas podem ser um efeito colateral de algum remédio como, por exemplo, antidepressivos, bloqueadores dos canais de cálcio, metformina etc;
  • Gravidez: no terceiro trimestre, o útero aumentado dificulta o retorno venoso das pernas e, consequentemente, fazendo com que haja acúmulo de fluido.

Causas inflamatórias

  • artrite e outros problemas articulares (gota, bursite no joelho, osteoartrite, artrite reumatoide etc);
  • trauma (distensões, entorses, ossos quebrados, ruptura do tendão ou do ligamento cruzado anterior);

E o que se deve fazer quando as pernas estão inchadas?

O primeiro passo é tentar entender de onde vem o inchaço nas pernas. Para isso, a principal recomendação é se consultar com um angiologista, descobrir a causa e tratá-la.

Além disso, alguns cuidados gerais podem ajudar a prevenir o problema:

  • reduzir o consumo de alimentos salgados;
  • usar meias de compressão;
  • fazer exercícios físicos todos os dias;
  • em viagens longas de carro, troque de posição e faça paradas para se alongar sempre que puder;
  • levantar as pernas acima do nível do coração por meia hora, algumas vezes ao dia.

Vale ressaltar que, como o edema pode ser um sinal de algo sério, não o ignore. Em qualquer que seja o caso, havendo outros sintomas ou não, consulte um médico.

 

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.

Angiologia

Médico especializado em angiologia e Cirurgia vascular. Presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (2020-2021).

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *