Idade óssea: tudo o que você precisa saber

Médica segurando e apontando uma radiografia de uma mão para indicar a idade óssea do paciente

A avaliação da “idade óssea” ou maturação esquelética é realizada através de um exame radiográfico da mão e do punho não-dominantes do paciente. O objetivo é determinar o grau de “maturação” dos ossos através da avaliação dos espaços entre eles, onde estão localizadas as cartilagens de crescimento.

Os métodos mais classicamente empregados são os de Greulich & Pyle e de Tanner & Withehouse:

  • o primeiro envolve uma comparação de todos os ossos da mão e punho do paciente com outras radiografias “típicas” para aquela idade. A aparência geral de uma é comparada com outras radiografias de referência e a correspondência mais próxima é selecionada.
  • o segundo é um método de pontuação. Primeiro, o nível de maturação de cada osso é categorizado em um estágio. Depois, cada estágio é substituído por uma pontuação e um valor total é calculado. Por fim, essa pontuação final é transformada em “idade óssea” e o crescimento é avaliado.

Por que é importante calcular a idade óssea do seu filho?

A partir da idade óssea, é possível ter uma previsão de quanto tempo ainda resta para uma criança ou adolescente crescerem. Afinal, a maturação esquelética (processo de desenvolvimento dos ossos) pode ser diferente da idade cronológica (anos de vida), e isso nem sempre representa um problema.

Como funciona o exame de idade óssea?

Para a avaliação da radiografia da mão e do punho, realiza-se uma radiografia simples. O radiologista e o endocrinologista analisam então o número de ossos presentes, o formato destes e o espaço entre os mesmos. Após a análise de todos esses dados, estima-se o resultado mais compatível com o atlas de idade óssea.

Idade óssea atrasada

A idade óssea é considerada atrasada quando há uma diferença significativa em relação à idade cronológica, o que varia de acordo com a idade.

Em uma criança saudável, isso indica que ela tem um ritmo mais lento de crescimento e que provavelmente apresentará o início da puberdade mais tardio. Resumindo, ela terminará seu crescimento numa idade mais avançada, mas dentro do que se espera em relação à altura final. Geralmente há uma história familiar semelhante (a mãe que menstruou mais tarde, por exemplo).

Caso a idade óssea esteja atrasada mais de 1-2 anos em relação à idade cronológica, deve-se avaliar se há algum problema de saúde que esteja interferindo no crescimento e desenvolvimento da criança ou adolescente. Uma avaliação pelo Endocrinologista Pediátrico deverá, então, ser realizada.

Idade óssea avançada

Também é uma situação que demanda atenção quando há aumento da velocidade de crescimento e a idade óssea está adiantada em relação à cronológica. Um exemplo disso seria o quadro de puberdade precoce, que pode levar a consequências irreversíveis à estatura caso não seja tratado a tempo.

Existem outras situações, como a hipersecreção de alguns hormônios e uso de medicamentos, que deverão ser avaliados.

Preparando o seu filho para o exame

Você pode ajudar o pequeno a se preparar para o exame de idade óssea explicando o procedimento em termos simples. Um bom exemplo é esclarecer que o raio X é semelhante a posar para uma foto.

Descreva, também, a sala do teste, assim como os equipamentos que serão usados, e assegure ao seu filho que você, assim como os médicos, estarão à disposição para apoio. Certifique-se de explicar a importância de não se mover enquanto a radiografia é tirada, para que ela não precise ser repetida, e pronto!

 

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.

Pediatria

Pediatra, especializado em Endocrinologia. Membro do corpo clínico da Mon Petit, clínica pediátrica, em Belo Horizonte.

17 Comments

  • Meu neto tem 11 anos com idade ossos de 14 ele tem 140 e pesa 43 quilos

    • Olá Neuza, tudo bem? Obrigado pelo seu contato. Continue consultando um especialista e fazendo os exames necessários para acompanhar o crescimento do seu neto. Ele (o especialista) poderá orientar sobre possíveis alterações e riscos. Um abraço e até a próxima.

  • Me filho está com 7 anos de idade, e a idade óssea dele tá de 13 anos e 6 meses, ele mede 1,43 e pesa 43 kilos

  • Meu filho tem 4 anos e 5 meses com idade óssea de 3 anos tem 1m e 2 cm pesa 16kg?

    • Já fui ao pediatra e endocrinopediatra e dizem que é normal mas acho ele bem pequeno

      • Olá, Joyce. Tudo bem? Você está no caminho certo. Já tem especialistas que conhecem o caso do seu filho. Só eles podem dizer se está tudo bem com o seu pequeno. E pode confiar no diagnóstico deles. Além disso, continue consultando e fazendo os exames para observar o desenvolvimento do seu menino. Por fim, siga as orientações dos médicos. Um abraço e até a próxima.

  • Meu filho tem 14 anos e idade óssea de 14 anos e mede 1,57. Gostaria de saber quantos centímetros ele ainda pode crescer

    • Olá, Elisângela. Tudo bem? Aconselhamos que você leve o seu filho em um pediatra. Ele irá avaliá-lo, pedirá os exames necessários e poderá responder sua pergunta. E, continue acompanhando o crescimento do seu filho com esse especialista. Um abraço e até a próxima.

    • Meu filho tem 5 anos e 6 meses, pelo terceiro ano a idade óssea dele está com 2 anos e 6 meses. Já levei no endocrinologista e exames estão normais, crescimento e peso tudo dentro do normal para idade dele. Existe algo para se preocupar?

      • Olá, Gisele. Tudo bem? Você está no caminho certo: já levou o seu filho em um especialista. Só ele mesmo para dizer se está tudo bem com o seu pequeno. E pode confiar no diagnóstico dele. Além disso, continue consultando e fazendo os exames para observar o desenvolvimento do seu menino. Por fim, siga as orientações do médico. Um abraço e até a próxima.

  • Meu filho tem 9 anos e o exame de idade óssea acusou 11,5 anos.

    Preciso tomar alguma providência?

  • Minha filha tem 14 anos com
    Idade óssea de 17, ela teve a monarca com 11 anos, a levei ao endócrino e ele disse q não posso fzer um tratamento com Gh, ela tem chance de crescer com estímulos naturais? Como uma natação ou uma melhora na alimentação??

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *