Sobre um fundo branco, um coração de borracha é segurado por duas mãos enquanto outra mão usa um estetoscópio para auscultá-lo.

Dr. Leo Cirino

Você sabia que a hipertensão arterial pode, silenciosamente, prejudicar seu organismo por anos antes mesmo dos sintomas aparecerem? Ocorre que a pressão alta, quando não controlada, apresenta uma série de riscos para a nossa saúde, provocando quadros como um ataque cardíaco, um derrame ou mesmo a morte.

A boa notícia é que algumas mudanças simples em nosso estilo de vida já são capazes de reduzir as chances de sofrermos dessa condição no futuro. E, além disso, não podemos esquecer dos acompanhamentos regulares ao médico, pelo menos uma vez ao ano para quem já é hipertenso ou está acima de 60 anos ou a cada dois ou três anos para os abaixo dessa idade e sem outros problemas de saúde.

No mais, continue conosco para saber quais riscos a hipertensão arterial traz à nossa saúde, seus tratamentos e, claro, as melhores medidas preventivas contra ela.

Antes, um resumo: o que é a hipertensão arterial?

A hipertensão arterial ocorre, como o próprio nome indica, quando a pressão que o sangue faz nas paredes dos nossos vasos sanguíneos é muito alta.

Para entender melhor

Os tecidos e órgãos do corpo precisam de sangue oxigenado para sobreviverem e funcionarem corretamente. Para isso, eles “contam com a ajuda” do coração e do sistema circulatório.

Quando o coração bate, ele cria uma pressão que empurra o sangue para uma série de vasos sanguíneos (artérias e capilares). Essa pressão é o resultado de duas forças: a sistólica, que ocorre quando o sangue é bombeado para fora do coração, e a diastólica, que é criada quando o coração repousa entre os batimentos cardíacos.

Essas duas forças são representadas por aquela dupla de números que estamos acostumados a observar nos leitores de pressão arterial. Quando normal, as medidas ficam em 120/80 (sendo a primeira referente à pressão sistólica, e a segunda à diastólica).

Um paciente é considerado hipertenso quando seus valores estão acima de 120/80.

E quais são os danos que a pressão alta pode causar à sua saúde?

A principal maneira pela qual a pressão alta causa danos é aumentando a carga de trabalho do coração, fazendo com que ele se esforce mais.

Além disso, com o tempo, a força da pressão alta do sangue danifica os delicados tecidos das nossas artérias, fazendo com que elas consigam conduzir cada vez menos sangue para o resto do corpo. Isso quer dizer que, basicamente, toda a sua saúde será afetada por essa condição, já que ela acomete: o cérebro, os rins, a visão, os órgãos sexuais e todo o resto.

E como se não bastasse, outros fatores como o aumento do colesterol ainda podem contribuir para a formação de placas ao longo das paredes das artérias (aterosclerose). Isso as torna ainda mais estreitas e, consequentemente, faz com que elas conduzam menos sangue para o corpo e elevem ainda mais a pressão, provocando um ciclo vicioso.

São algumas possíveis complicações da pressão alta:

  • infarto agudo do miocárdio (ataque cardíaco);
  • insuficiência cardíaca;
  • acidente vascular cerebral (AVC);
  • aterosclerose;
  • aneurisma da aorta;
  • nefropatia hipertensiva;
  • retinopatia hipertensiva;
  • demência;
  • complicações na gravidez (eclâmpsia e pré-eclâmpsia);
  • disfunção sexual.

Causas, sintomas e tratamentos

Como nosso foco está em indicar quais são os perigos da hipertensão arterial para a saúde, e o quê fazer para preveni-la, você pode ter acesso a todas as outras informações sobre essa condição clicando aqui.

Como podemos prevenir a hipertensão arterial?

1. Mantendo uma dieta saudável

Para ajudar a controlar a sua pressão arterial, você deve limitar a quantidade de sódio (sal) e aumentar o potássio em sua dieta. Também é importante comer menos carboidratos, especialmente em alimentos industrializados.

Alimentos a serem evitados:

  • pão;
  • fast foods (pizza, hambúrguer etc);
  • embutidos;
  • carnes defumadas;
  • peixes enlatados;
  • lanches industrializados (batatinhas, biscoitos recheados, bolachas água e sal etc);
  • refrigerante.

2. Fazendo exercícios-físicos regularmente

O exercício pode te ajudar a manter um peso saudável e diminuir a sua pressão arterial. Portanto, tente fazer algumas atividades de intensidade moderada por pelo menos 2 horas e meia por semana, ou exercícios aeróbicos mais vigorosos por 30 minutos/dia.

3. Controlando o seu peso

Estar acima do peso aumenta o risco de pressão alta e, claro, de outros problemas de saúde. Então, procure manter uma dieta balanceada e mantenha os exercícios físicos em dia.

4. Fazendo algumas mudanças no estilo de vida

Você sabia que o álcool, assim como o cigarro e o café aumentam a nossa pressão? As melhores medidas, então, são parar de fumar e evitar bebidas alcoólicas.

Com relação ao café, procure tomá-lo somente pela manhã, e manter uma quantidade de no máximo 2 xícaras por dia.

Por fim, aprender a relaxar e gerenciar o estresse pode melhorar sua saúde emocional e física, e ainda diminuir a pressão arterial.

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.