Close de rosto de uma mulher deitada em uma cama com uma médica aplicando uma injeção em seu rosto para realizar a harmonização facial

Dr. Fábio Gontijo

Você sabia que nosso cérebro “considera belo” aquilo que tem simetria e harmonia? E isso não sou eu quem está afirmando, mas sim grandes pensadores como Platão e Aristóteles. Acontece que ambos perceberam que todas as coisas belas nesse mundo, do ponto de vista da maioria das pessoas, tinham uma coisa em comum: equilíbrio entre suas partes.

Tendo isso como base, não é de se admirar que o Cristo Redentor, o Taj Mahal e a Muralha da China, por exemplo, são considerados “maravilhas do mundo”. Isso sem falar nas atrizes Audrey Hepburn, Lupita Nyong’o e Taís Araújo que, sem a menor sombra de dúvidas, são tidas como referência de beleza no século XX.

Isso quer dizer que, basicamente, quanto mais perto do “perfeito” uma coisa ou pessoa estiver, maiores são as chances desta ser julgada como “beldade”. E é aí, meus caros, que a harmonização facial, nosso tema de hoje, entra!

O que, então, é harmonização facial?

É um procedimento que combina diversas técnicas minimamente invasivas para aprimorar a simetria e harmonia da face.

Cada opção é considerada de acordo com a idade e tipo de pele do paciente, assim, claro, como os efeitos desejados por este.

Para quem ela é indicada?

A harmonização facial é um método excelente para qualquer pessoa que deseja ter o rosto mais harmônico, de um jeito simples e rápido. Pensando nisso, aí vai uma lista de coisas que esse procedimento pode fazer por você:

  • reduzir: olheiras, rugas e linhas de expressão;
  • elevar os supercílios;
  • definir ou volumizar as maçãs do rosto;
  • alongar ou aumentar os lábios;
  • definir ou alongar a mandíbula;
  • mudar sutilmente os traços do nariz;
  • aumentar, ou reduzir, regiões da face como a testa e o queixo.

Técnicas mais utilizadas para a harmonização da face

A harmonização facial é um tratamento individualizado que utiliza uma combinação de técnicas para obter os resultados específicos desejados. Os principais procedimentos utilizados são:

Preenchimento com ácido hialurônico

O ácido hialurônico é o produto mais utilizado para preenchimento estético, por ser seguro e biocompatível. Sua propriedade de retenção de água promove uma hidratação imediata dos tecidos no local de sua aplicação e restaura o volume perdido.

Na dermatologia, as principais utilizações do ácido hialurônico são:

  • preenchimento de sulcos e rugas;
  • volumização;
  • redefinição de contornos;
  • hidratação da pele.

O preenchimento é uma das principais armas na harmonização facial, pois consegue realmente modificar os contornos e volumes da face. Porém, como todo procedimento estético, deve ser feito com cautela e bom senso.

Respeitar as características individuais é essencial para conquistar a harmonia e beleza naturais. Na maioria das vezes, buscar um ideal de beleza “padronizada” não é a melhor opção.

Aplicar uma quantidade exagerada de ácido hialurônico na tentativa de modificar profundamente os traços pode (e frequentemente tem) resultados artificiais e pouco estéticos. Procure um profissional capacitado e criterioso e lembre-se:

O preenchimento facial é baseado em ciência, mas tem também um toque de arte…

O que podemos fazer com o ácido hialurônico na harmonização facial?

1- Repor volume na região temporal

Já notou que, com o envelhecimento, as têmporas costumam perder volume e se tornar mais côncavas? O preenchimento neste local restitui o aspecto jovial da região, além de elevar a cauda dos supercílios e atenuar as rugas periorbitárias.

2- Rinomodelação

É possível modificar sutilmente o formato do nariz com o ácido hialurônico. O preenchimento consegue corrigir pequenas assimetrias, disfarçar um osso proeminente e elevar a ponta do nariz.

Porém, para quem quer maiores correções, a melhor opção é a rinoplastia (cirurgia plástica do nariz).

Para saber tudo sobre rinomodelação, leia:
RINOMODELAÇÃO: MUDANDO O FORMATO DO NARIZ SEM CIRURGIA!

3- Elevação dos supercílios

A posição ideal dos supercílios é diferente no homem e na mulher, sendo que nesta a cauda é geralmente mais elevada que a raiz. Com o passar dos anos, a tendência dos supercílios é se deslocar inferiormente. Nas mulheres, a queda da cauda é especialmente incômoda, pois confere um ar de cansaço e desânimo constantes.

Na harmonização facial, a reposição do volume dos supercílios com ácido hialurônico consegue melhorar a sua posição e a harmonia do terço superior da face. Outras estratégias utilizando toxina botulínica e fios de sustentação podem ser utilizadas para obter melhores resultados.

4- Olheiras

Existem vários tipos de olheiras, causadas pelo depósito de pigmentos, aumento da quantidade de vasos sanguíneos ou pela perda de volume na goteira lacrimal (região abaixo da pálpebra inferior).
Esse último tipo de olheira, chamada estrutural, melhora bastante com a aplicação de ácido hialurônico.

Para saber mais sobre o tratamento desse e dos outros tipos de olheiras, leia:
OLHEIRAS: COMO SE LIVRAR DELAS?

5- Preenchimento malar (maçã do rosto)

Com o passar do anos, a região das maçãs do rosto perde volume. Isso se deve ao reposicionamento da gordura e também ao remodelamento ósseo.

O preenchimento da região tem o objetivo de devolver esse volume perdido, restaurando os contornos. Além do rejuvenescimento das maçãs do rosto, o preenchimento malar atenua o sulco nasogeniano (bigode chinês), pois eleva a face média.

Para saber mais sobre o preenchimento malar, leia:
PREENCHIMENTO MALAR: SAIBA TUDO! O QUE É, COMO É FEITO, TEMPO DE DURAÇÃO, RESULTADOS, INDICAÇÕES E CONTRAINDICAÇÕES!

6- Sulco nasogeniano (bigode chinês)

Como vimos, a abordagem do ‘bigode chinês’ começa pelo preenchimento malar. Se necessário, o ácido hialurônico pode ser aplicado também no local, para um melhor resultado.

Para conhecer outras opções para o tratamento do bigode chinês, leia:
AFINAL, O QUE É O BIGODE CHINÊS, E COMO SE LIVRAR DELE?

7- Sulco labiomentoniano (ruga da marionete)

A ‘ruga da marionete’ se estende dos cantos da boca, que costumam estar caídos, em direção ao queixo. Ela confere um ar triste à face.

Ao preenchê-la, o resultado é uma elevação dos cantos labiais e rejuvenescimento do sorriso.

8- Preenchimento dos lábios

Para quem tem lábios finos ou que estão perdendo volume, o ácido hialurônico é a solução. Com ele é possível redefinir os contornos, volumizar e hidratar os lábios de forma natural e harmônica.

Para saber mais sobre o preenchimento labial, leia:
PREENCHIMENTO LABIAL: O QUE É E COMO FUNCIONA?

9- Preenchimento do queixo

O queixo é um dos pontos de destaque da face. Seu formato e proporção em relação às outras feições é muito importante. Um queixo bem proporcionado transmite uma impressão de força e segurança.

O preenchimento com ácido hialurônico pode ser utilizado para projetar o queixo, alinhando-o com a linha da mandíbula. Além disso, é possível corrigir a sua forma, depressões (furos) e imperfeições.

10- Contorno da mandíbula

O contorno da mandíbula geralmente se apaga com o passar dos anos, acompanhado de uma redução do queixo. Esse volume pode ser reposto para alongar a face harmonizar o formato do rosto.

Se necessário, o procedimento pode ser associado a fios de sustentação e tratamentos para a flacidez, como o Ultraformer®.

Em homens, é comum utilizar o preenchimento mandibular para alargar a face inferior e definir melhor os ângulos, o que resulta em uma face mais imponente e transmite virilidade.

Para saber mais sobre o preenchimento mandibular, leia:
PREENCHIMENTO MANDIBULAR: DEFININDO AS LINHAS DO SEU ROSTO

Toxina botulínica

A toxina botulínica age bloqueando a transmissão dos impulsos nervosos no local da aplicação, o que resulta em um relaxamento e paralisia muscular. Por isso, ela é capaz de suavizar as linhas de expressão e as rugas.

Os efeitos da toxina botulínica podem ser observados 5 a 7 dias após o procedimento, atingem seu pico em torno de duas semanas e duram de 5 a 6 meses.

O que podemos fazer com a toxina botulínica na harmonização facial?

1- Sulcos entre as sobrancelhas

O sulcos entre as sobrancelhas são causados pela contração dos músculos glabelar e prócerus. Para tratar esse tipo de ruga, eles são paralisados com a toxina.
Porém, se os sulcos já estiverem marcados, apenas essa aplicação não será suficiente para eliminá-los totalmente. Pode ser necessário associar outros procedimentos como agulhamento ou aplicação de ácido hialurônico.

2- Elevar os supercílios

Além de produzir a expressão de raiva e preocupação, os músculos glabelar e prócerus têm um outro efeito: baixam os supercílios. Com o passar dos anos, isso contribui para a sua ptose definitiva.

Dessa forma, uma das maneiras de prevenir e tratar a ptose dos supercílios é a aplicação de toxina na região da glabela.

3- Rugas na testa e ao redor dos olhos

Uma das aplicações mais utilizadas da toxina botulínica é no tratamento das rugas de expressão, que aparecem quando movimentamos os músculos da face. Com ela é possível paralisá-los em pontos específicos e planejados, de forma a obter os efeitos desejados.

Importante: pacientes que desejam elevar os supercílios precisam ter o músculo frontal (da testa) funcionando. Aplicar uma quantidade excessiva de toxina nessa região irá impedir que as sobrancelhas se elevem e podem piorar o quadro de ptose.

4- Rugas do nariz

As famosas ‘bunny lines’ aparecem em algumas pessoas, quando elas sorriem. A toxina pode ser aplicada em alguns pontos de cada lado do nariz para atenuar essas linhas.

Cuidado: uma quantidade excessiva de toxina nessa região pode alterar o sorriso ao paralisar o músculo que eleva os cantos dos lábios.

5- Sorriso gengival

Em algumas pessoas, o sorriso mostra excessivamente a gengiva e os dentes. Para atenuar o sorriso gengival, aplica-se pequena quantidade de toxina botulínica no músculo elevador do lábio superior.

6- Rugas de acordeão ou ‘face arranhada’

Algumas pessoas, especialmente aquelas com fotoenvelhecimento acentuado, apresentam rugas verticais e paralelas que se estendem da pálpebra até o pescoço. Micro-doses de toxina botulínica aplicadas superficialmente podem atenuar significativamente essas marcas.

7- Pescoço

A aplicação de micro-doses de toxina no platisma, músculo que recobre o pescoço, é utilizada para atenuar linhas de expressão e pregas musculares. Além disso, tem um efeito lifting, disfarçando a papada e melhorando o contorno da mandíbula.

Para saber mais sobre a toxina botulínica, leia:
TOXINA BOTULÍNICA: TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O ASSUNTO

Fios de sustentação

Os fios de sustentação são suturas feitas de material biocompatível utilizadas para o tratamento de flacidez, marcas de expressão e sulcos no rosto e pescoço. Quando implantados em locais específicos, eles conseguem um efeito lifting imediato.

Os fios de sutura SilhouetteⓇ são compostos de ácido polilático, uma das poucas substâncias realmente capaz de estimular a formação de colágeno. Dessa forma, o efeito imediato não é a única vantagem. Com o tempo, formam-se fibras colágenas no trajeto do fio, ampliando ainda mais o lifting e melhorando os resultados em alguns meses. A duração do efeito é de 18 a 24 meses.

Os fios de sustentação são indicados para pessoas que apresentam flacidez leve a moderada e não querem recorrer a uma cirurgia plástica.

É um procedimento rápido e indolor, feito no consultório.

O que podemos fazer com os fios de sustentação na harmonização facial?

1- Tratar a ptose do supercílio

A queda das sobrancelhas é um desafio na harmonização da face. Até pouco tempo, a única opção eficaz era uma cirurgia plástica.

Atualmente, a toxina botulínica, preenchedores e os fios de sustentação são associados para tratar, com sucesso, o problema. É possível elevar a cauda ou mesmo a sobrancelha como um todo, melhorando muito a estética facial.

2- Reposicionar as maçãs do rosto

O implante dos fios de sutura no terço médio do rosto promove uma elevação das bochechas e melhoram sulcos faciais como o ‘bigode chinês’ e a ‘ruga da marionete’.

3- Melhorar o contorno da mandíbula

Os fios implantados no terço inferior da face tratam o ‘efeito buldogue’ (ptose da linha mandibular) e melhoram o contorno do queixo.

4- Tratar a flacidez do pescoço

No pescoço, a flacidez pode ser tratada com o implante de fios. Além de uma leve tração da pele e do efeito lifting, a produção de colágeno melhora a firmeza e a textura da pele.

Para saber mais sobre os fios de sustentação, leia:
FIOS DE SUSTENTAÇÃO: UMA ALTERNATIVA NÃO INVASIVA AO LIFTING

Bioestimuladores

Os bioestimuladores são substâncias aplicadas em injeções profundas na pele que estimulam a produção de colágeno e conseguem algum ganho de volume. O procedimento é pouco invasivo, seguro e apresenta excelentes resultados.

A melhora da firmeza e elasticidade é observada 4 a 6 semanas após a primeira sessão e continua progressivamente até o efeito máximo aos 6 meses.

A duração do tratamento é de 18 a 24 meses. São recomendadas 1 a 3 sessões com intervalo de 30 dias entre elas, seguidas por uma sessão de manutenção anual.

O que podemos fazer com os bioestimuladores na harmonização facial?

1- Restaurar o volume da face

A perda de volume na face é mais acentuada no terço médio, na região das maçãs do rosto. Ela se deve principalmente à reabsorção óssea (maxilar e zigomático) e ao reposicionamento da gordura, que se inferioriza na face.

A aplicação dos bioestimuladores ao longo do arco zigomático promove formação de colágeno e melhora a sustentação e o tônus dos tecidos.

2- Tratar o ‘bigode chinês’ e a queda da ponta do nariz

Com o envelhecimento, ocorre a reabsorção óssea na fossa piriforme (ao lado do nariz), que se alarga progressivamente. Isso acentua o ‘bigode chinês e provoca a queda da ponta do nariz.

A aplicação profunda dos bioestimuladores nesse local melhora o suporte do nariz e atenua essas alterações.

3- Melhorar o contorno da mandíbula

Aplicação de bioestimuladores em pontos específicos do terço inferior da face restaura o contorno do queixo e da mandíbula.

4- Flacidez da face

A aplicação mais superficial dos bioestimuladores na face promove a formação de colágeno na derme, melhorando o tônus e promovendo um efeito lifting.

Para saber mais sobre os bioestimuladores, leia:
BIOESTIMULADORES: ARMAS SECRETAS PARA RECUPERAR O COLÁGENO

Tratamentos complementares

A harmonização facial executada com uma associação de preenchedores, toxina botulínica, fios e bioestimuladores consegue efeitos incríveis na reestruturação da face, restauração do volume e dos contornos. Mas, e a pele?

Não podemos nos esquecer que os efeitos do sol, radicais livres e do próprio envelhecimento também alteram a pele. Por causa disso, existem tratamentos complementares à harmonização que podem complementar os resultados. Alguns deles são:

  • Ultrassom micro e macrofocado (UltraformerⓇ): tratamento de flacidez na face e no pescoço, redução da papada.
  • Microagulhamento (DermarollerⓇ): ameniza rugas e cicatrizes, disfarça os poros, melhora manchas na pele.
  • Peeling químico: melhora manchas, cicatrizes de acne e rugas.
  • Skinboosters: compostos de ácido hialurônico, promovem uma hidratação profunda da pele, melhorando sua qualidade, textura e elasticidade.
  • Tratamentos a laser: os diferentes tipos de lasers utilizados na dermatologia tratam manchas solares, melasma, rugas, vasinhos, estrias, flacidez e gordura localizada (como na papada).
Laser CO₂ fracionado Rejuvenescimento, tratamento de cicatrizes e estrias.
Laser Erbium Rejuvenescimento, tratamento de cicatrizes e estrias.
Laser Q-switched Nd:YAG Tratamento de vasinhos, remoção de tatuagens, manchas solares, melasma.
Laser Q-switched Alexandrite Manchas solares, vasinhos, remoção de pelos e de tatuagem.
Laser Q-switched Rubi Manchas solares, vasinhos, remoção de pelos e de tatuagem.
Luz intensa pulsada Manchas solares, vasinhos, rugas, flacidez, acne, estrias vermelhas.
Luz infravermelha Prevenção e tratamento da flacidez.
Laser Diodo Remoção de pelos.

Mas, então, é o fim da cirurgia plástica?

As técnicas utilizadas para a harmonização facial não substituem a cirurgia plástica. Na verdade, elas podem ser complementares.

Pacientes que, por exemplo, apresentam muita flacidez e excesso de pele, podem se beneficiar de um lifting facial ou uma blefaroplastia (cirurgia plástica das pálpebras). Esse procedimento, por sua vez, pode ser seguido pela aplicação de ácido hialurônico e toxina botulínica, para melhorar o resultado final de rejuvenescimento.

Por outro lado, essas cirurgias podem ser adiadas por alguns anos por meio dos procedimentos de estética facial, que são pouco invasivos, têm resultados rápidos e, quando bem indicados e executados, muito naturais.

Principais vantagens da harmonização facial em relação à cirurgia plástica:

  • procedimentos pouco invasivos;
  • anestesia local;
  • realizada no consultório;
  • rápido retorno às atividades;
  • resultados rápidos;
  • possibilidade de ajustar os resultados, caso necessário.

Se você está pensando em fazer harmonização facial, seguem algumas dicas:

  • escolha um médico experiente e de confiança;
  • a qualidade dos produtos é essencial, portanto nada de promoções e pechinchas;
  • os resultados são temporários, programe-se para refazer os procedimentos no tempo indicado;
  • evite exageros!

Enfim…

Harmonizar uma face não é modificá-la profundamente até que chegue perto de padrões impostos pela sociedade. É preciso observar o equilíbrio entre as estruturas faciais, respeitar o sexo, a etnia e os objetivos de cada paciente. Só assim consegue-se um resultado natural e harmonioso.

Não busque apenas a beleza, busque a SUA BELEZA!

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.