Close de oftalmologista olhando em um aparelho de oftalmologia para ver se o paciente tem glaucoma de pressão normal

Dr. Albert Maxmilian

É uma neuropatia óptica caracterizada pela diminuição da camada de fibras nervosas e defeito de campo visual correspondente. Porém, não há evidência de aumento da pressão intraocular além dos limites estáticos da normalidade.

Além disso, é caracterizado por:

  • pressão intraocular consistentemente igual ou menor que 21 mmHg;
  • sinais de lesão ao nervo óptico em um padrão caracteristicamente glaucomatoso;
  • seio camerular aberto;
  • perda de campo visual;
  • nenhuma característica de glaucoma secundário ou de outra neuropatia.

Por fim, existe uma controvérsia sobre a natureza da doença: se seria uma variante do glaucoma primário de ângulo aberto ou uma entidade distinta.

Os fatores de risco associados são:

  • idade acima de 60 anos;
  • sexo feminino;
  • histórico familiar;
  • vaso-regulação anormal (especialmente enxaqueca e fenômeno de Raynaud);
  • hipotensão noturna;
  • síndrome de apneia obstrutiva do sono.

Vários mecanismos foram sugeridos na etiologia da doença, entre eles anomalias da função vascular local e sistêmica, anormalidades estruturais do nervo óptico e doença autoimune.

O manejo do glaucoma de pressão normal constitui um desafio ao oftalmologista, uma vez que os sinais clínicos oculares são identificados geralmente em estágios mais avançados e o tratamento apresenta mais dificuldades que as existentes nos glaucomas hipertensivos.

Diagnóstico

  • Uma vez que o diagnóstico é de exclusão, outras investigações devem ser consideradas, como:
  • avaliar fatores de risco vascular sistêmico;
  • monitorar a pressão sanguínea por 24 horas (a fim de excluir hipotensão sistêmica noturna);
  • realizar exames de sangue para outras causas de neuropatia óptica não glaucomatosa e avaliação de artérias carótidas.

Tratamento

O tratamento se baseia em reduzir ainda mais a pressão intraocular, para diminuir a progressão da doença, por meio do uso de colírios hipotensores, trabeculoplastia a laser e cirurgia antiglaucomatosa.

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.

Link para download do ebook de glaucoma - advision