Mulher fazendo aplicação de fios de sustentação

Dr. Fábio Gontijo

Até pouco tempo atrás, uma das poucas formas de se corrigir a flacidez do rosto (principalmente as “bochechas caídas”) era por meio da cirurgia plástica.

Porém, não é todo mundo que pode (ou quer) recorrer a ela. Se você está neste grupo, a boa notícia é: os fios de sustentação podem ser a solução para o seu caso.

O que são os fios de sustentação?

Os fios de sustentação são suturas feitas de material biocompatível utilizadas para o tratamento de flacidez, marcas de expressão e sulcos no rosto e pescoço.

À medida que envelhecemos, nosso corpo produz cada vez menos colágeno, o que resulta em flacidez e perda de sustentação dos tecidos. Os efeitos da gravidade fazem, então, com que as estruturas se desloquem inferiormente.

Os fios de sustentação, implantados em pontos específicos, proporcionam um efeito “lifting” imediato.

Além de suspender a pele, essa técnica também combate o envelhecimento de outra maneira. Acontece que os fios colocados durante o procedimento estimulam a produção de colágeno no local, firmando a pele e conseguindo um rejuvenescimento facial contínuo e progressivo.

Para quem os fios de sustentação estão indicados?

Os fios de sustentação estão indicados para pessoas acima de 30 anos que apresentam flacidez leve a moderada e não apresentam excesso de gordura na região a ser tratada. Os resultados também são melhores quando a pele não é excessivamente fina ou grossa.

O procedimento é contraindicado em pessoas com doenças auto-imunes como o lúpus eritematoso sistêmico, por exemplo, ou com uma infecção no local.

Tipos de fio de sustentação

Existem dois tipos principais de fios de sustentação absorvíveis:

1- Fios de PDO (polidioxanona)

Após a sua aplicação, os fios de polidioxanona são absorvidos lentamente no período de 90 a 120 dias. Durante esse processo, ocorre formação de colágeno, melhorando a firmeza da pele na região.

As opções mais conhecidas de fios de PDO no Brasil são o i-THREADⓇ e o MiracuⓇ. Os efeitos do tratamento duram de 6 a 8 meses.

2- Fios de ácido polilático

O fio de ácido polilático mais conhecido é a Sutura SilhouetteⓇ . Eles são compostos por uma ou duas agulhas, e um filamento que pode possuir, ou não, garras ou cones para ancoragem.

O ácido poliláctico é o mesmo material do ScuptraⓇ, um bioestimulador utilizado para rejuvenescimento facial.

Esses fios são indicados para melhorar os contornos do rosto, como a linha da mandíbula e das bochechas, para elevar as sobrancelhas, tratar a flacidez no pescoço e na papada.

São resistentes, têm absorção mais lenta e seus efeitos duram em torno de um ano e meio.

E por que recorrer a esse procedimento?

Para muitos pacientes, a maior vantagem de optar pelos fios de sustentação é o fato de o procedimento ser pouco invasivo e ter um tempo de recuperação muito menor que o de uma cirurgia plástica.

Além disso, ele costuma ser realizado sob anestesia local, o que significa que a pessoa pode voltar para casa ou para o trabalho imediatamente após o implante.

Os fios de sustentação são utilizados para tratar:

Como é feita a colocação dos fios de sustentação?

Os fios de sustentação consistem em uma agulha reta e longa, e um filamento com pequenos cones ao longo do seu comprimento.

O primeiro passo do procedimento é a anestesia local nos pontos de entrada e saída na pele, onde são feitas pequenas aberturas. A seguir, a agulha é introduzida até o plano profundo e deslocada até o ponto final do trajeto planejado. A tração desejada é aplicada e as pontas do fio são cortadas para que ele fique abaixo da pele.

Podem ser colocados de 4 a 8 filamentos, dependendo do grau de flacidez.

A recuperação

Enquanto alguns pacientes podem sentir um pouco de dor, vermelhidão e inchaço depois da aplicação dos fios de sustentação, a maioria não sente nada e pode retornar ao trabalho imediatamente.

Contudo, são necessárias algumas precauções, como dormir de barriga para cima, não fazer expressões faciais exageradas e não esfregar o rosto por pelo menos uma semana após o procedimento. Além disso, recomenda-se não praticar esportes durante esse período.

Sobre o resultado dos fios de sustentação

É importante salientar que o resultado obtido com os fios de sustentação não pode ser comparado ao de uma cirurgia plástica de lifting.

Os fios foram desenvolvidos como uma opção minimamente invasiva para tratar a flacidez, porém seu poder de tração da pele é limitado. Alterações imediatas podem ser observadas, contudo, o efeito final é atingido após 40 a 60 dias.

Os resultados do procedimento são ótimos, quando os fios são posicionados nos locais adequados e ancorados corretamente aos tecidos. E desde que se tenha uma expectativa realista!

Enfim…

Você acha que os fios de sustentação podem ser uma opção mais viável para o seu caso? É só marcar uma consulta comigo para descobrirmos isso juntos! Pode vir que estou te esperando!

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.