Conversa com o especialista: catapora

Imagem capa da editoria palavra com o especialista. No canto inferior, foto da pediatra Juliana Campos e, ao centro, imagem de menino com catapora.

A catapora, também chamada de varicela, é uma doença extremamente contagiosa provocada pelo vírus Varicela-zóster.

Pode aparecer em qualquer idade, mas é mais comum na infância, em crianças com menos de 10 anos de idade.

Sua transmissão é feita pelo contato com saliva ou secreções respiratórias, como tosse e espirro da pessoa infectada com a doença, ou por meio do compartilhamento de alimentos e objetos contaminados.

Para saber todos os detalhes sobre essa condição, continue conosco.

Quais os primeiros sinais da catapora?

Os primeiros sintomas da catapora são febre, dor de cabeça, sintomas respiratórios, vermelhidão e prurido, ou coceira na pele. Depois surgem os pontinhos vermelhos que são característicos desta doença.

E os sintomas?

  • Febre;
  • dor de cabeça;
  • sintomas respiratórios, como o resfriado;
  • falta de apetite;
  • vermelhidão;
  • prurido, ou coceira, na pele;
  • pontinhos vermelhos na pele.

Quando aparecem os primeiros sintomas da catapora?

Os primeiros sintomas da varicela ocorrem dentro de 14 a 16 dias após o contato com o vírus. As lesões na pele provocadas pelo vírus são caracterizadas por pequenas bolhas e vesículas em todo o corpo. Essas vesículas secam até formarem crostas que provocam muita coceira. É importante NÃO coçar as feridas para evitar complicações.

Catapora e varicela são a mesma coisa?

Sim, catapora também é chamada de varicela e é uma doença causada pelo vírus Varicela-Zóster.

Como ocorre o diagnóstico da catapora ou varicela?

A catapora é de fácil diagnóstico, com base nos sinais e sintomas da doença. Em caso de dúvidas, o paciente pode realizar exames laboratoriais para confirmar a doença.

Catapora é perigosa? Mata?

A catapora é normalmente uma doença benigna e autolimitada, quase sempre sem gravidade. Contudo, pode apresentar alguns quadros avançados como pneumonia e encefalite. As complicações da varicela são dez vezes menores em crianças do que em adultos. Porém, quando ocorrem, podem ser fatais. São fatores de risco para varicela grave:

  • recém-nascido durante o primeiro mês de vida;
  • bebês prematuros com menos de 28 semanas de gestação;
  • imunodeficiência (pacientes transplantados, portadores do vírus da Aids, portadores de câncer, uso de corticoides, dentre outros);
  • gravidez.

Qual é o tratamento para catapora?

A catapora é uma doença de simples cuidado. O paciente deve limpar as lesões com solução antisséptica, usar anti-histamínicos para diminuir a coceira, manter as unhas curtas e controlar a febre com medicamento próprio. Contudo, não é recomendado o uso de aspirina.

Quais são as complicações

O paciente infectado deve ser levado imediatamente ao hospital se apresentar algum sintoma como:

  • desidratação;
  • confusão, irritabilidade, fraqueza, dificuldade para pegar no sono ou andar, dor de cabeça intensa, dor e rigidez no pescoço ou vômitos frequentes;
  • dificuldade para respirar ou tosse persistente e intensa;
  • dor abdominal intensa;
  • febre alta (acima de 38,9 ᵒC) ou que dure por mais de quatro dias;
  • presença de pus ou sangue nas lesões de pele;
  • piora do quadro geral.

Como prevenir a catapora?

A principal medida preventiva da catapora é a vacina. Quando o paciente vacinado é infectado pelo vírus causador dessa doença, seu quadro clínico é mais brando. A outra medida preventiva é não ter contato com pessoas que estejam com essa condição.

Quanto tempo dura a catapora?

A catapora, ou varicela, dura de uma a duas semanas. Neste período, o paciente infectado deve permanecer em isolamento, pois é uma condição altamente contagiosa e difícil de conter, já que sua transmissão começa antes de aparecerem os primeiros sintomas. A doença para de ser transmitida quando todas as lesões secam e formam crostas.

Existe vacina para catapora? Ela é eficaz? E quem deve, ou não, tomá-la?

Sim, a catapora é uma doença viral que tem como principal meio de prevenção a vacina, que protege entre 80% e 90% das pessoas.

Ela é indicada a todas as crianças saudáveis e, também, aos adultos que não tiveram a doença. Para melhor prevenção, devem ser tomadas duas doses.

Por fim, ela não é recomendada para pessoas alérgicas a algum componente da vacina e mulheres grávidas.

Posso pegar catapora mesmo sendo vacinado?

Uma pessoa vacinada que teve contato com o vírus da varicela pode vir a ter catapora. Porém, o quadro da doença será mais brando.

Quem teve catapora pode ter Herpes-Zóster?

Sim, a catapora e o Herpes-Zóster são causados pelo mesmo vírus, o Varicela-zoster.

O Herpes-zóster, ou cobreiro, ocorre quando o vírus que estava incubado nos nervos desde o quadro de catapora é reativado. Apresenta lesões dolorosas na pele, localizadas sempre de um único lado do corpo.

Normalmente, acomete adultos com mais de 50 anos e está relacionada à baixa imunidade. Além disso, pode ser desencadeada por alguns fatores como:

  • estresse;
  • doenças sistêmicas;
  • uso de medicamentos imunossupressores;
  • trauma local;
  • exposição exagerada ao sol.
Saiba mais em:
 

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.

Pediatria

Médica, especialista em pediatria. Atende em seu consultório particular no Belvedere, Belo Horizonte. Membro do corpo clínico do Hospital Vila da Serra.

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *