Alimentos ultraprocessados, embutidos, agrupados em uma mesa

Dois trabalhos realizados na Europa, um na Universidade de Navarra, Espanha, e outro na Universidade de Paris, França, demonstraram a associação entre o consumo de alimentos ultraprocessados e o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e morte.

São considerados alimentos processados aqueles que foram alterados com o objetivo de aumentar a sua validade ou melhorar seu sabor, geralmente utilizando gordura, sal ou açúcar.

Os alimentos ultraprocessados passam por um processo industrial mais extenso e têm muitos ingredientes adicionados a sua composição, incluindo corantes, conservantes e espessantes.

Alimentos não processados ou minimamente processados Alimentos processados Alimentos ultraprocessados
frutas
legumes
leite
carne
leguminosas, como lentilhas
sementes
grãos, como arroz
ovos
queijo
bacon
pão caseiro
frutas e legumes enlatados
peixe defumado
cerveja
carne processada, como salsichas e hambúrgueres
cereais matinais ou barras de cereal
sopas instantâneas
bebidas açucaradas
nuggets de frango
bolo
chocolate
sorvete
pão produzido em larga escala
refeições prontas, como tortas e pizza
shakes que substituem refeições

Fonte: G1 – Ciência e saúde.

Os estudos confirmaram que o consumo aumentado de alimentos ultraprocessados está associado a uma maior mortalidade por diversas causas, incluindo o câncer.

Os profissionais de saúde em todo o mundo chamam a atenção da população e estimulam o consumo de alimentos não processados ou minimamente processados no dia a dia.

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.