3 labradores deitados na grama, um chocolate, outro caramelo e outro preto

Assinatura Hospital Veterinário Santo Agostinho

O Labrador é um cão alegre, brincalhão e que adora água! Obediente, aprende tudo com facilidade. Precisa de estímulos e desafios constantes pois, se ficar entediado, vai fazer travessuras… Adora crianças e é muito sociável com outros cães. Precisa de espaço para correr e brincar e de um dono dedicado e carinhoso.

Tem porte médio, pesando em torno de 30kg. Tem tendência a engordar, por isso precisa de exercícios diários. Pode ser caramelo, chocolate ou preto. Quer saber mais sobre ele?

Origem do Labrador

Os ancestrais do Labrador surgiram na Ilha de Terra Nova, no Canadá. Usados como cães de trabalho, auxiliavam também em caças a peixes e aves. O peito largo e os pêlos densos e impermeáveis são ideais para nadar e suportar o clima frio da região.

Levado à Inglaterra pelo conde de Malmesbury, foi batizado como Labrador e se transformou em um cão de companhia

Portes

Altura Peso
Macho 57-62 cm 29-36 kg
Fêmea 54-60 cm 25-31 kg

Cores

Caramelo, chocolate, preto.

Higiene

Bastante afeito à natação e tudo que envolve água, o :abridor transforma o banho em um momento de grande diversão! Recomenda-se que ele seja banhado quinzenalmente.

Doenças mais comuns da raça

A maioria das doenças frequentes no Labrador pode se desenvolver ou piorar devido ao excesso de peso. São algumas delas:

  • displasia de quadril;
  • distrofia muscular;
  • displasia de cotovelo;
  • torção gástrica;
  • displasia retinal (por predisposição genética).

Expectativa de vida

Vive de 10 a 13 anos.

Comportamento

O Labrador é muito brincalhão e ativo. Obediente, aprende tudo com rapidez e é fácil de ser adestrado. Precisa de estímulos e desafios constantemente. Se entediado ou solitário, pode se tornar bagunceiro. Adora crianças e e2 extremamente sociável com outras raças caninas.

Alimentação

O Labrador tem forte tendência a engordar. Então, a alimentação deve ser controlada desde a mais tenra idade. A predisposição a problemas estomacais também requer cuidado.

É recomendado que o filhote dessa raça se alimente de leite materno até os primeiros 40 dias de vida. Após o desmame, é indicada a alimentação à base de papinhas e leite especial. A porção de ração deve ir aumentando gradativamente durante o desenvolvimento do animal. Comida consumida por humanos pode ser nociva para o controle do peso e função gástrica do Labrador.

O ideal é que o dono consulte um veterinário nutricionista. Ele irá orientar a dieta compatível com as necessidades energéticas daquele animal.

Passeio ideal

Falando em controle de peso, as atividades físicas são importantíssimas para a raça. O Labrador precisa de mais que uma caminhada de 10 minutos na calçada. Pelo menos uma hora de passeio, com atividades e brincadeiras devem compor sua rotina. Buscar objetos, correr, pular, brincar com bola e nadar estão entre as práticas preferidas dele.

Espaço ideal

Apesar de grandões, eles adoram um lar! Sim, necessitam de amplo espaço – é ideal que a casa onde ele mora tenha um bom quintal – mas precisam também do acolhimento da parte de dentro da casa.

Reprodução

Não são recomendadas as seguintes cruzas envolvendo o Labrador:

  • Labrador amarelo com um Labrador chocolate;
  • dois labradores chocolate por três gerações sucessivas;
  • dois amarelos por mais de quatro gerações.

Essas combinações podem gerar um problema de despigmentação nas mucosas e nos olhos do cão. Com a deficiência de melanina, o labrador pode desenvolver câncer de pele.

Meu dono ideal precisa:

  • me dar atenção;
  • gostar de brincar comigo;
  • dedicar um tempo do dia para passear comigo e praticar exercícios;
  • me acolher dentro de casa como parte da família;
  • não me deixar muito tempo sozinho.

Gostou do texto? O Hospital Santo Agostinho e o Portal Convite à Saúde trabalham juntos para trazer informações importantes sobre o seu bichinho para você!

Visite a editoria Saúde do Animal e saiba como manter a saúde do seu melhor amigo. Nossos veterinários têm muito para contribuir. Acesse, também, nosso Facebook e Instagram para ficar por dentro de tudo sobre o universo pet.