Pitbull sorridente ao ar livre

Dra. Beatriz Terenzi

Origem/história

O Pitbull se refere a American Pit Bull Terriers, American Staffordshire Terriers, Staffordshire Bull Terriers e raças semelhantes. Criado no Reino Unido no século XIX, o Pitbull veio do Bull-and-Terrier, mistura das raças Bulldog e Terrier, cuja principal ocupação era a de trabalhar na fazenda com gados.

Porém, no século X, seus antepassados já participavam, na Inglaterra e na Itália, de esportes violentos e extremamente populares como o baiting, nada mais que uma luta entre um touro e um cão. Levado aos EUA na década de 1840, o Bull-and-Terrier se desenvolveu até se chegar ao Pitbull que conhecemos hoje, aparecendo inicialmente como cães de rinha. É o 34ª cão mais inteligente.

Porte

Altura: 43 a 53 cm
Peso: 15 a 27 kg

Cor

  • Marrom claro ou escuro;
  • branco;
  • preto;
  • fulvo;
  • marrom e branco.

Higiene

Pelagem curta e sem fortes odores, o Pitbull dispensa maiores tratamentos quanto à secreção ocular e no ouvido. As unhas se desgastam naturalmente em suas várias atividades físicas.

Os banhos podem ser mensais ou até bimestrais – atenção quanto ao shampoo: é ideal escolher um tipo que mantenha a oleosidade e brilho natural. Escovações podem ser quinzenais.

Mastigar é um dos seus hábitos e, portanto, é bom comprar para ele brinquedos com essa finalidade.

Principais doenças

  • Displasia do quadril e ruptura de ligamento;
  • catarata;
  • cardiopatia congênita;
  • alergias de pele por contato com grama, pólen e insetos: principalmente os Red Noses, ou de pelagem branca;
  • câncer de pele naqueles de pelagem branca.

Expectativa de vida

12 a 16 anos.

Comportamento

O Pitbull é muito leal, apegado aos seus donos e amoroso até com estranhos. Aprende truques muito facilmente. Adora agradar, brincar e participar dos eventos e atividades coletivas de toda a família.

Extremamente protetor, caso julgue que seu dono ou casa esteja em perigo, luta para protegê-los.
Pela natureza amigável, não é considerado um bom cão de guarda. A agressividade que se credita ao Pitbull depende diretamente de sua criação. Enquanto filhote, é importante que ele socialize com outros cães e pessoas estranhas, recebendo estímulos positivos quando se comportar bem.

Muito forte e incrivelmente resistente à dor, vai suportar algumas trombadas e machucados, mas isso não significa que ele precise ou goste de brincadeiras violentas e intimidadoras (conceito muito ultrapassado).

O instinto natural do Pitbull não é atacar, mas quando ele entra em uma briga, é difícil interrompê-lo. A educação adequada desde cedo vai deixar você e seu cão longe de experiências negativas. É sempre interessante consultar um especialista em comportamento animal.

Alimentação

Para evitar o sobrepeso, é ideal equilibrar a dieta adequada a exercícios físicos regulares. Por ser um cão forte, que come muito, alguns donos acham que podem oferecer restos de comida da mesa, mas isso é perigoso para qualquer raça.

A quantidade de ração indicada para o Pitbull adulto varia de acordo com o fabricante. É importante, também, dividir essa porção em 3 ou 4 refeições ao longo do dia. Comer toda a dose diária de uma só vez pode causar ao Pitbull problemas como torção gástrica.

Passeio

O Pitbull precisa de exercícios diários e intensos. Caminhar e correr junto com ele é uma boa ideia: no mínimo 40 minutos por dia – e ele aguenta muito mais. Natação, brincadeiras de salto e tração, e buscar ou esconder objetos também são bem-vindas.

Espaço ideal

O Pitbull consegue viver em apartamentos desde que sua rotina de passeios e exercícios ao céu aberto seja constante. Caso contrário ele pode se tornar deprimido e agressivo.

Meu dono ideal

  • precisa gostar muito de fazer exercícios e gastar energia comigo;
  • deve ter pulso firme e disciplina;
  • tem que ser leal e companheiro, assim como eu sou com ele;
  • me socializa com outros cães e pessoas para que eu não fique desconfiado;
  • lembra-se sempre de que sou grande protetor, e não violento.

Para ficar por dentro de assuntos como esse, basta ficar de olho em nosso Blog, curtir nossa página no Facebook e acompanhar nossas postagens no Instagram!