Mãe e filha meditando em um sofá para relaxar e cuidar da saúde mental

Dra. Adriana Bonfioli

Você provavelmente já sabe o quanto é importante cuidar do corpo. Contudo, poucas pessoas REALMENTE entendem o quanto a saúde mental é essencial para o bem-estar.

Em um mundo tão acelerado e cheio de informações como o nosso, tirar alguns minutos para relaxar e dar à própria mente um minuto de paz parece absurdo. Porém, saiba que um ato como esse é capaz de fazer os dias se tornarem mais produtivos e menos estressantes.

Pensando nisso, preparamos algumas dicas para você tentar relaxar em casa e cuidar da sua saúde emocional. Vamos lá?

Os primeiros passos

Antes de entrarmos nas dicas propriamente ditas, precisamos conversar um pouco sobre o nosso papel nos cuidados com a saúde mental. O que acontece: não adianta entrar para um curso avançado de meditação, gastar rios de dinheiro em spas e ter uma estante cheia de livros e filmes se você não faz o mínimo para si mesmo.

É importante lembrar que nosso corpo é um santuário e, para que tudo funcione em perfeita harmonia, é preciso cuidar dele. E.. bem… como fazemos isso?

1. Cuidando de nós mesmos

Mente sã, corpo são…. e vice-versa! Cuidar de si mesmo, fisicamente falando, é o primeiro passo para cuidar da saúde mental. Afinal, nem todos os fatores que nos deixam estressados e ansiosos são estritamente abstratos.

Zelar pelo organismo significa deixá-lo trabalhar em paz, produzindo hormônios e substâncias suficientes para que tenhamos um ótimo dia e uma excelente noite de sono.

Sendo assim, certifique-se de:

2. Permitindo-nos tirar um tempo para relaxar

Trabalhar e cumprir todas as tarefas do dia é, de fato, muito importante. Porém, tirar um tempo para si mesmo é essencial para ter energia o suficiente para enfrentar os desafios da vida.

Sendo assim, certifique-se de separar um tempinho para fazer aquilo que mais gosta. Pode ser ler, dormir, assistir TV, meditar, alongar-se, passear com o cachorro e por aí vai.

O segredo, aqui, é REALMENTE aproveitar esses intervalos. Desligue-se um pouco do trabalho e das obrigações e vigie-se para não cair na tentação de ficar pensando sobre eles durante os SEUS MOMENTOS.

Resumindo: dê a si mesmo permissão para tirar um tempo para se dedicar à sua saúde mental.

3. Não hesitando em procurar ajuda

Por muito tempo, os cuidados relacionados à saúde mental têm sido vistos com algum preconceito. Os tabus que cercam as pessoas deprimidas, ansiosas e com outros quadros psicológicos, fazem com que elas e todos aos redor tenham uma certa resistência em procurar ajuda.

Porém, é importante entender que, em momentos difíceis e desafiadores, uma ajuda profissional pode ser capaz de fazer “milagres”. Então, se você por acaso se sente MUITO estressado, ansioso, deprimido, revoltado etc, não tenha medo de procurar por um profissional para te ajudar a sair dessa.

4. Cercando-nos de boas pessoas

Ter fortes conexões com pessoas que nos fazem bem é, literalmente, montar uma rede de apoio para todas as situações difíceis da vida e, claro, colocar-se disponível para ajudar àqueles que, um dia, também precisarão de você.

Além disso, cercar-se de pessoas leves, amáveis, inspiradoras e que te façam bem é essencial para ter AQUELA força de vontade para se levantar todos os dias da cama.

Sendo assim, a dica aqui é: livre-se dos colegas e parentes tóxicos e pesados, e convide mais ainda seus amigos e familiares a participarem ativamente da sua vida. Você verá o quanto isso ajuda na manutenção de uma saúde mental equilibrada.

Agora sim: 5 dicas para relaxar e cuidar da saúde mental

1. Aprenda a lidar com o estresse

Quer você queira ou não, o estresse faz parte da vida e, portanto, precisamos aprender a lidar com ele. Existem muitas formas de se conseguir isso. O que vale, aqui, é encontrar as alternativas que funcionam para você.

Dê uma chance a algumas dessas opções abaixo e, depois, conte-nos como foi aqui nos comentários:

  • meditação;
  • yoga;
  • praticar qualquer tipo de exercício (incluindo caminhadas, danças, alongamentos, lutas, esportes etc);
  • tratamentos alternativos (aromaterapia, acupuntura, reiki, massagens etc);
  • ter um diário;
  • recorrer à ajuda profissional (psiquiatras, psicólogos, sábios, líderes religiosos etc).

2. Respire!

Acredite se quiser: muitas pessoas respiram de forma errada. Para oxigenar bem o cérebro e todo o corpo, é preciso inspirar calmamente pelo nariz enquanto o diafragma se expande, e expirar devagar.

A dica é: comece a prestar mais atenção na forma como você respira e tente fazê-lo da forma correta. Os benefícios dessa prática são incríveis!

3. Tenha mais contato com a natureza

Passar tempo ao ar livre, aproveitando o silêncio e admirando as belas e calmas paisagens é uma excelente alternativa para a sua saúde mental e física.

Procure por parques e reservas em sua cidade, dê uma volta naquela praça florida e arborizada que fica em seu bairro, cuide do próprio jardim e, quando possível, faça uma viagem para o campo. O segredo, aqui, é fugir de toda a agitação que uma cidade grande pode ter e curtir a natureza e tudo o que existe ao seu redor.

4. Imagine-se em algum lugar sereno

Quando o contato com o lugar sereno ainda não é possível, imagine-se nele! Pense em casas, praias, cachoeiras e fazendas relaxantes, tranquilas, ou ainda em ambientes que lhe trazem boas lembranças, feche os olhos e finja que você está lá!

Para concentrar-se, tente pensar nas cores e formas que você consegue ver, adicione algumas que lhe parecem interessantes e, se preciso, conte com o auxílio de uma boa e calma trilha sonora para fazê-lo imergir completamente nessa ideia.

5. Pense positivo

Ter uma boa saúde mental não significa que você apenas se cerque de pensamentos e coisas felizes. A tristeza, assim como a raiva, o medo e a frustração fazem parte da vida e… bem… é quase impossível nos livrarmos deles.

Ter uma boa saúde mental significa, então, ver a situação como ela realmente é e buscar soluções para ela. Sendo assim, deixe para se preocupar com algo de ruim quando ele, de fato, acontecer. Além disso, tente respirar, fechar os olhos, manter a calma e pensar nas possíveis alternativas para lidar com o problema, ao invés de se desesperar.

É claro que, muitas vezes, a ansiedade fala mais alto e, bem, é por isso que esse tipo de filosofia deve ser praticado diariamente e incansavelmente. Porém, acredite: quando conquistado, são poucas as coisas que vão conseguir te derrubar.

Enfim…

Cuidar da saúde emocional significa doar-se mais a si mesmo. É ser generoso com seus medos e inseguranças e tirar um tempo para se ouvir mais.

Desacelere um pouco, tente algumas de nossas dicas acima e não desista! O segredo para manter a saúde mental em dia é respeitá-la e zelar por ela da mesma forma que você faz com o seu corpo, combinado?

Um abraço e até a próxima.

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.