Cuidados com os olhos: 7 dicas para preservar sua visão

Mulher com expressão surpresa fazendo, na frente do olho, o símbolo de OK com a mão

Dizem que os olhos são “a janela da alma” e que é possível dizer muito com um simples olhar… Mais do que isso, eles também são um reflexo da sua saúde! Cuidar bem da visão deve fazer parte da rotina de todos, pois contribui imensamente para a qualidade de vida e bem-estar na terceira idade.
Você sabe cuidar deles? Vamos descobrir!
Dicas para cuidar dos olhos e da visão:

1- Dieta balanceada

Uma dieta equilibrada e rica em alimentos nutritivos é essencial para a saúde do corpo como um todo. Porém, quando a ideia é dar uma atenção mais especial aos olhos, algumas vitaminas e minerais não podem faltar:

  • vitamina C: importante para a saúde vascular e, como antioxidante, na prevenção da degeneração macular relacionada à idade (DMRI). Além disso, ajuda na absorção de minerais importantes, como o ferro.
  • Vitamina A: auxilia na produção da lágrima e da rodopsina, pigmento presente nas células da retina e importante para a visão noturna.
  • Vitamina E: com efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios, a vitamina E também ajuda a prevenir a degeneração macular relacionada à idade.
  • Luteína e Zeaxantina: pigmentos encontrados na mácula, região central da visão que protege as células da retina contra os efeitos nocivos da luz azul.
  • Ômega 3: essencial ao funcionamento do organismo, o ômega 3 é um componente das gorduras saudáveis. Tem efeito anti-inflamatório e protege as células contra os danos provocados pela DMRI, olho seco e glaucoma.
  • Zinco: elemento que protege as células da retina, reduzindo a progressão da DMRI. Além disso, ajuda na absorção de outros nutrientes.
  • Selênio: ajuda na absorção de vitamina E, reduzindo os danos provocados pela DMRI.

Sendo assim, quais são então os super alimentos para a saúde dos olhos?

  • Frutas cítricas
  • Folhas verdes escuras
  • Brócolis
  • Couve flor
  • Abobrinha
  • Cenoura
  • Pimentão vermelho
  • Leite
  • Ovos
  • Carne
  • Fígado
  • Peixe
  • Óleo de peixe
  • Cordeiro
  • Castanhas e sementes
  • Gérmen de trigo
  • Grão de bico
  • Iogurte e kefir
  • Cogumelos

2- Proteja os olhos dos raios ultravioleta (UV)

A exposição excessiva ao sol pode contribuir para o aparecimento de alguns problemas nos olhos, especialmente pterígio, catarata e DMRI.
A melhor forma de se proteger contra os raios solares, então, é usando óculos com filtro para UVA e UVB (escuros ou de prescrição). Além disso, chapéus ou bonés também podem ajudar.

3- Proteja seus olhos da luz azul artificial

A luz azul natural é emitida pelo sol e tem vários benefícios para a saúde. A exposição ao sol nos horários adequados serve para produzir vitamina D, melhorar a memória, o sono e a concentração e até mesmo o nosso humor. Nas crianças – em especial – a luz solar é essencial para o desenvolvimento de olhos e visão.
Por sua vez, a luz azul artificial, emitida por lâmpadas fluorescentes e equipamentos eletrônicos, provoca alterações nas células retinianas semelhantes àquelas que ocorrem na DMRI.
Como o tempo que passamos com os olhos grudados nas telas está aumentando a cada dia, inclusive por parte das crianças, o resultado pode ser um aumento na incidência dessa doença.
Para se proteger da luz artificial e manter os cuidados com os olhos, reduza o tempo nas telas e use filtros nos dispositivos eletrônicos ou nos óculos.

4- Evite o cigarro

O hábito de fumar causa várias doenças, inclusive nos olhos. A catarata e a DMRI são os principais exemplos, mas o cigarro também pode contribuir para inflamações oculares, retinopatia diabética, descolamento de retina e glaucoma.
A solução é uma só: abandonar o hábito de fumar. A partir daí, os efeitos do cigarro vão reduzindo progressivamente no organismo e o risco de doenças pode chegar a ser tão baixo quanto o de não fumantes.

5- Dispositivos eletrônicos

Além da questão da luz azul, televisão, computador, tablet e celular, quando usados por tempo prolongado, podem causar outros problemas oculares. O esforço contínuo do foco para perto, por exemplo, pode levar ao cansaço visual e dor de cabeça.
Além disso, a redução do número de piscadas leva ao ressecamento dos olhos, especialmente em ambientes com ar condicionado.
Para diminuir o desconforto, são recomendados:

  • usar óculos de prescrição para trabalhar (aqueles que utilizam);
  • a tela do computador deve ser posicionada de 15 a 20 graus abaixo do nível dos olhos e de 40 a 75 cm de distância desses;
  • posicionar a mesa de forma que a janela fique ao lado e não à frente ou atrás da tela;
  • fazer pequenos intervalos ao longo do dia para descansar os olhos (nada de celular!);
  • usar lubrificantes, caso necessário.

6- Evite coçar os olhos

Muitas pessoas têm o péssimo hábito de esfregar os olhos. O problema é que nossas mãos carregam uma grande quantidade de microrganismos que podem ser nocivos aos olhos.
Além disso, esfregá-los com força pode causar lesões na superfície ocular ou até mesmo precipitar um descolamento de retina em pessoas susceptíveis.
Na criança, o hábito de coçar os olhos está associado a uma chance maior de desenvolver o ceratocone.

7- Consultas periódicas

Muitas pessoas acham que só precisam visitar um oftalmologista quando algo está errado. Porém, várias doenças oculares são silenciosas e não provocam sinais ou sintomas até estarem muito avançadas.
Diagnosticar essas doenças precocemente aumenta as chances de sucesso do tratamento e pode evitar a perda da visão. Logo: o exame oftalmológico deve fazer parte do seu check-up de saúde anual!

No mais…

Além de todos esses cuidados com os olhos, tudo que fazemos pelo nosso corpo vai afetar positivamente a saúde da nossa visão.
Portanto, manter-se hidratado, fazer exercícios regulares, respirar ar puro e dormir bem fazem parte de um estilo de vida saudável e contribuem para ver a vida cada vez mais bela!

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.

Oftalmologia

Médica oftalmologista e idealizadora do Convite à Saúde. Atualmente atende na Clínica Advision, nas especialidades de plástica ocular e cirurgia de catarata. Paralelamente, escreve e coordena o departamento de redação do portal, além de prestar consultoria na área de auditoria médica.

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *