Cuidados com a pele dos 50 aos 60 anos: 3 procedimentos essenciais para o pós-menopausa

Sorridente, mulher com idade entre 50 e 60 passa creme no rosto para cuidar da sua pele

A menopausa, assim como a adolescência, traz uma série de mudanças hormonais que podem ser extremamente desconfortáveis para as mulheres. A pele, ao longo desse processo, sofre alterações tão bruscas que, se não administradas e tratadas, podem se tornar permanentes.
O segredo para manter uma cútis saudável e viçosa, então, está no conhecimento (principalmente do que a pele precisa em cada fase da vida), na consistência e na persistência.
Durante muito tempo, já venho defendendo aqui em meu blog e durante minhas consultas que, para manter a vitalidade e jovialidade da pele, é preciso permanecer fiel ao básico do skincare (limpar, tonificar e hidratar) e, a cada década, adicionar tratamentos/procedimentos apropriados para tal.
Sendo assim, trago hoje 3 procedimentos que são essenciais para a pele de uma mulher que está no período pós-menopausa. Vamos lá?

1. Fios de sustentação

Nosso corpo, ao longo dos anos, produz cada vez menos colágeno, proteína responsável, entre outras coisas, por deixar a pele mais resistente e elástica. Isso é normal e faz parte do envelhecimento.
É por isso que, com o passar das décadas, notamos cada vez mais rugas e linhas de expressão em nosso rosto. Além disso, os efeitos da gravidade fazem com que a pele, menos firme, volte-se para baixo, conferindo à face um aspecto “flácido”.
Uma das formas menos invasivas de resolver essa questão, principalmente no período pós-menopausa, são os fios de sustentação (suturas feitas de material biocompatível, sendo o ácido poli-L-lático o mais utilizado).
Funciona assim: durante um procedimento simples e de recuperação rápida, o profissional insere uma série de fios no rosto que, além de suspenderem a pele nas regiões mais flácidas, incentivam a produção local de colágeno, firmando a área e promovendo um rejuvenescimento facial progressivo e contínuo.
Então, se você está procurando por uma alternativa simples para amenizar os sulcos e linhas do seu rosto, e ainda restaurar um pouco do volume deste, os fios de sustentação são uma ótima opção.

Para saber TUDO sobre esse procedimento, basta clicar no link abaixo:
Fios de sustentação: uma alternativa não invasiva ao lifting facial

2. Blefaroplastia

Os sinais de envelhecimento, como todos nós sabemos, chegam ainda mais fortes para os olhos. Ao longo dos anos, a tendência é que a pele das pálpebras e as bolsas de gordura abaixo dos olhos se tornem ainda mais evidentes.
A blefaroplastia, então, é um tipo de cirurgia plástica que tem como objetivo rejuvenescer o rosto e diminuir a aparência de cansaço que os olhos “caídos” provocam em nossas expressões
O procedimento consiste em retirar o excesso de pele e/ou bolsas de gordura por meio de um corte discreto e delicado, que acompanha o formato dos olhos. Costuma durar cerca de 40 minutos e não exige internação (ou seja, o paciente volta para casa no mesmo dia).

Para saber todos os detalhes possíveis sobre essa cirurgia, é só acessar o link abaixo:
Blefaroplastia: a cirurgia plástica das pálpebras

3. Laser fracionado

Por fim, um dos procedimentos mais essenciais para manter os cuidados com a pele no pós-menopausa é o laser fracionado (CO2 ou Erbium Yag).
Basicamente, ele é bastante útil para mulheres que desejam estimular a produção de colágeno de suas peles, além de tratar cicatrizes, rugas, flacidez e alguns tipos de manchas.
Funciona assim: durante a sessão, o profissional dispara o laser em regiões pontuais do rosto para remover sua parte mais superficial e aquecer a camada mais profunda da pele.
Esse processo faz com que as células sejam regeneradas e a produção de colágeno, estimulada. Como resultado, a pele ganha um aspecto mais firme e retraído.

No mais, para saber TUDO sobre o laser fracionado, é só clicar aqui.

Enfim…

Lembre-se de que, para manter os cuidados com a pele em dia, é preciso, também, zelar pela saúde. Afinal, ela é o maior órgão do corpo humano e, por isso, precisa de hábitos saudáveis (como hidratação e alimentação saudável, por exemplo) para continuar em pleno funcionamento.
Além disso, NUNCA recorra a tratamentos e procedimentos estéticos sem, antes, conversar bastante com o seu médico e tirar todas as suas dúvidas com ele, combinado?
Um abraço, cuide-se e até a próxima!

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.

Dermatologia

Médico, especialista em dermatologia. Especialista em tratamentos dermatológicos cosmiátricos e em laser.

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *