mulher com idade entre 30 e 40 anos passando creme no rosto para cuidar da pele enquanto se olha em um espelho portátil que está segurando

Dr. Fábio Gontijo

Embora alguns cuidados com a pele permaneçam os mesmos em qualquer idade (limpeza, hidratação, MUITO filtro solar etc), é importante saber que eles, a cada década, precisam passar por algumas adaptações.

É aquele velho esquema: o skincare na adolescência será um, assim como o dos 20 aos 30 outro, e assim por diante. Afinal, nossa cútis está em constante mudança e, portanto, possui necessidades distintas para cada uma de suas fases.

Hoje, gostaria de focar nosso bate-papo nos cuidados com a pele dos 30 aos 40 anos. Vamos lá?

Características principais da pele aos 30 anos

Gosto de dizer que é nessa época que passamos pelas mudanças mais radicais de nossas vidas. É quando nos tornamos, definitivamente, adultos, começamos a pensar em iniciarmos uma família e, naturalmente, é quando os sinais da idade finalmente começam a aparecer.

Então, é muito importante que você entenda que é na década dos 30 anos que precisamos pensar nos cuidados com a pele com ainda mais carinho e atenção. E aí vão os motivos:

1. Pele um pouco opaca

A rotatividade das células da nossa pele começa a diminuir um pouco ao longo dos 20 anos. Assim, quando atingimos os 30, a tendência é que tenhamos um maior acúmulo de células mortas na derme. Isso faz com que ela perca um pouco do seu brilho e viçosidade.

2. Derme um pouco ressecada

Um dos efeitos colaterais dessa diminuição da renovação da pele, inclusive, é a dificuldade da derme de se manter 100% hidratada. Além disso, a produção de substâncias naturalmente hidratantes para a pele, como o ácido hialurônico, por exemplo, também começa a diminuir.

3. Marcas, rugas, linhas de expressão e flacidez discreta

Os sinais da vida, como já expliquei em muitos de meus textos, começam a “dar as caras” aos 30 anos. Isso acontece porque, como nossa renovação celular está um pouco mais lenta, é natural que a pele demore mais a se recuperar de inflamações, ficando cheia de “marquinhas” com mais facilidade.

Além disso, proteínas importantes como o colágeno e a elastina, responsável pela firmeza da cútis, também passam a ser menos produzidas pelo nosso organismo. Então, as tão temidas rugas na testa, os famosos pés de galinha, as “terríveis” bolsas sob os olhos e o bigode chinês começam a aparecer.

4. Acne

Quando você acha que já se livrou das espinhas e cravos que tanto te assombraram na adolescência, a acne hormonal pode começar a “dar o ar de sua graça”.

Isso acontece devido às alterações dos níveis hormonais do corpo, que tendem a ficar descontrolados por causa de uma série de fatores como pílulas anticoncepcionais, gravidez ou até mesmo os estresses da vida adulta.

5. Irritação e maior sensibilidade

Além da sua pele se tornar mais suscetível à secura, ela também ficará cada vez menos tolerante a fatores externos como: clima (frio ou seco), dermocosméticos, maquiagem, poluição etc.

Então, quais são os cuidados com a pele dos 30 aos 40 anos?

1. Esfoliação

Como as células da pele estão se renovando com menos frequência, é possível se livrar delas por meio da esfoliação. Esse processo faz com que elas sejam removidas com segurança e dêem lugar a uma cútis mais viçosa e lisinha.

O mercado de dermocosméticos com essa finalidade é extremamente amplo e acessível. Porém, é sempre interessante que você converse com seu dermatologista para saber qual produto será o melhor para o seu caso, assim como a frequência que ele será utilizado.

2. Introdução de alguns ácidos e vitaminas à rotina

Para combater a falta de hidratação, elasticidade e marquinhas aparentes, o ideal é introduzir alguns componentes extras em sua rotina de cuidados com a pele. São eles:

  • niacinamida (vitamina B3 ou nicotinamida): excelente para estimular a produção de colágeno, reduzir os poros e uniformizar o tom da pele;
  • ácido salicílico: reduz a oleosidade da pele e possui propriedades esfoliantes e anti-inflamatórias, diminuindo a incidência de espinhas e liberando os poros;
  • retinol e vitamina C: ambos aumentam a produção de colágeno e elastina da pele, deixando-a mais uniforme e firme.
  • ácido hialurônico: essencial para hidratação. Para saber mais sobre ele, clique aqui.

3. E, por fim, os procedimentos

Nessa fase da vida, é bastante importante entrar com alguns procedimentos estéticos, ainda mais se os sinais da idade te incomodarem muito.

Nos últimos anos, preparei uma série de conteúdos sobre vários procedimentos estéticos dos quais você pode tirar muita vantagem. A seguir, vou citar aqueles que são ideais para essa fase da vida (dos 30 aos 40) e colocar os links para os artigos correspondentes, que possuem tudo o que você precisa saber sobre eles, combinado?

Vamos lá:

No mais, lembre-se: procure pela orientação de um dermatologista para saber todos os produtos e procedimentos ideais para o seu tipo de pele e objetivos, combinado?

Até a próxima!

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.