Meninas com roupa de praticar esporte se alongando antes de se exercitarem

Dr. Cimar Eustáquio

Nada é mais recomendado para a saúde que a prática de atividades físicas. Seus benefícios são diversos, desde a manutenção do peso adequado até a prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes e câncer. Porém, quem pratica exercícios deve estar bem preparado fisicamente e tomar medidas importantes para evitar lesões no esporte que são comuns.

O mecanismos das lesões no esporte

Cada tipo de atividade esportiva tem as suas peculiaridades e, por isso, alguns tipos de lesão são mais frequentes que outros. Vamos ver como elas geralmente ocorrem?

  • Uso excessivo: causa um estresse repetitivo nos tecidos que pode levar a inflamação. Ocorre em pessoas que treinam constantemente, sem período de descanso, ou quando não há um preparo físico e fortalecimento muscular adequado para a prática daquele esporte.
  • Trauma: causa lesões agudas como contusões, fraturas e luxações.
  • Estiramento: a distensão ou estiramento muscular é causado principalmente pela mudança de direção durante a corrida. Nos ligamentos, o estiramento resulta em entorse ou ruptura.

Lesões mais comuns nos esportes

1. Joelho

As lesões no joelho são as mais frequentes nos esportes e geralmente acometem os ligamentos e tendões que o estabilizam. As mais comuns são:

  • entorse ou ruptura do ligamento cruzado anterior – ocorre durante uma mudança súbita de direção na corrida, parada súbita ou na aterrissagem após um salto;
  • entorse ou ruptura do ligamento colateral medial: geralmente quando há um trauma na lateral do joelho;
  • tendinite patelar: inflamação do tendão da patela;
  • síndrome da dor patelofemoral: causada pelo movimento excessivo e repetitivo do joelho na corrida, ciclismo e tênis, por exemplo.

2. Ombro

As lesões no ombro são geralmente causadas pelo uso excessivo durante a prática de tênis, vôlei, natação e basquete. Ocorrem com mais freqüência as entorses e luxação.

3. Tornozelo

A entorse de tornozelo é frequente nos esportes que envolvem corrida e saltos como futebol, basquete, tênis e vôlei. Ela ocorre quando o pé vira para dentro, causando estiramento dos ligamentos na lateral do tornozelo.

4. Cotovelo

A epicondilite no cotovelo ocorre com mais freqüência em jogadores de tênis (cotovelo do tenista), mas pode acontecer em qualquer esporte que envolve torção e extensão repetidas do punho.

5. Virilha

O estiramento de músculos na virilha ocorre em esportes que exigem movimentos súbitos laterais como o futebol e o basquete.

6. Coxa

O estiramento na parte posterior da coxa é comum na corrida, futebol e basquete.

7. Tendão de Aquiles

Localizado entre a panturrilha e o calcanhar, o tendão de Aquiles é responsável pela extensão do pé. Tendinite nesse local é comum em esportes que envolvem corrida e saltos como: futebol, corrida, dança, basquete, tênis e vôlei.

8. Coluna

Contratura dos músculos que estabilizam a coluna, especialmente a lombar, que ocorre ocasionalmente durante os esportes e é causada geralmente pela falta de alongamento e fortalecimento dos músculos do abdome.

9. Quadril

O estiramento dos músculos flexores do quadril ocorre durante a elevação da perna ou do joelho, principalmente em atletas que não se aqueceram. É mais frequente no futebol e nas artes marciais.

10. Perna

A síndrome da tensão tibial medial ocorre principalmente em corredores iniciantes. Ocorre na perna e piora com a flexão do pé.

Prevenções

Para prevenir a ocorrência de lesões no esporte, o atleta deve passar por uma avaliação ortopédica para detectar alguma alteração que necessite atenção especial.

É essencial o fortalecimento muscular e alongamentos, para que as articulações tenham a sustentação e a mobilidade exigidas pelo esporte. O aquecimento antes do início da atividade e o desaquecimento no final são também importantes. Todo atleta deve ter um acompanhamento especializado para que possa manter as atividades durante toda a vida, sem lesões.

E aí, gostou do texto? Para ler mais conteúdos como este, fique de olho em nosso Blog e siga nossos perfis nas redes sociais (Facebook e Instagram)! Estamos te esperando.