Close de homem sentado na cadeira do escritório com a mão enfaixada devido a um acidente de trabalho. Na mesa, um notebook, um celular, um óculos e um xícara de café em um pires.

Dra. Adriana Bonfioli

Os acidentes, por definição, são eventos que acontecem de forma involuntária. Logo, não é de se espantar que eles não possam ser evitados 100% das vezes. Afinal, algumas coisas simplesmente não podem ser previstas.

Porém, ainda mais quando tratamos de acidentes de trabalho, uma coisa é certa: não poder prever um evento não significa que a probabilidade deste não possa ser diminuída.

A verdade é que, na maioria dos casos, as lesões que ocorrem nos locais de trabalho são o resultado direto da falta de orientação ou cumprimento das precauções básicas de segurança de cada atividade ali exercida.

E não se engane: quando pensamos em acidentes de trabalho, a maioria de nós geralmente os associa a indústrias de alto risco (construção, manufatura etc). Porém, a verdade é: lesões podem ocorrer em qualquer local.

Como evitar os acidentes de trabalho?

Todo empregador tem a responsabilidade legal de proteger seus funcionários. Portanto, ele precisa estar sempre alerta e certificar-se de que todas as práticas básicas de segurança do local estejam sendo levadas a sério.

Com tudo isso em vista, separamos o dia de hoje para conversar um pouco sobre como evitar acidentes no local de trabalho. Confira, abaixo, as principais dicas para manter uma empresa segura para você e, claro, todos os seus funcionários.

1. Identifique os potenciais riscos do seu ambiente de trabalho

Esteja sempre um passo à frente e explore todos os cenários possíveis de lesões que podem ocorrer dentro da sua empresa. Se preciso, faça uma lista de todos estes riscos.

A dica mais valiosa que podemos te dar é: OBSERVE e ESTUDE a sua própria indústria. Afinal, é ela que determinará amplamente esses riscos em potencial, e como evitá-los.

Para isso, pense em fatores como:

  • “Quais são as atividades-meio e fim nela exercidas, e o que elas exigem do funcionário?”;
  • “E o local de trabalho, como é? Fica perto de onde? E por dentro? São quantos banheiros, janelas e entradas?”;
  • “E a forma de locomoção dentro prédio? Como é o piso? Será que preciso de material anti-derrapante? E as escadas? Estão seguras e iluminadas o suficiente?”;
  • entre outros.

No mais…

Os riscos mais comuns para a maioria das empresas incluem pisos molhados, saídas de segurança em caso de incêndios, objetos que obstruem caminhos e itens pesados ​​que podem sobrecarregar os funcionários.

2. Estabeleça e espalhe as diretrizes de segurança por toda a empresa

A publicação das suas diretrizes de segurança é uma das maneiras mais fáceis de manter seus funcionários seguros e cientes das precauções que eles devem tomar durante o trabalho.

Assim que todas as regras forem decididas, marque uma reunião com toda a equipe, coloque cartazes das diretrizes nas paredes e murais da empresa, envie lembretes semestrais de segurança por e-mail, celular, memorandos etc.

Dica: caso haja alteração ou restabelecimento de uma nova diretriz, avise a todos os funcionários e, claro, aproveite o momento para reforçar as outras.

3. Forneça TODOS os equipamentos de segurança adequados

O fornecimento dos equipamentos de proteção individual (EPI’s) adequados a TODOS os seus funcionários ajuda a reduzir significativamente os acidentes de trabalhos.

Em caso de dúvidas, nunca deixe de conversar com os responsáveis de cada setor para saber do quê eles sentem falta com relação à segurança e, junto a eles, pense nas melhores alternativas para resolver essas questões.

4. Mantenha o local de trabalho limpo, arrumado e seguro

Em um ambiente de trabalho bem organizado e livre de sujeiras raramente ocorrem acidentes. Então, aí vão algumas dicas básicas:

  • certifique-se de que o chão esteja sempre limpo e seco (para evitar quedas);
  • sempre confira se as prateleiras, ventiladores, armários e máquinas de ar condicionado estejam bem instalados (para evitar que eles caiam em cima de um funcionário);
  • certifique-se de que as mesas e o ambiente, de forma geral, estejam limpos para evitar alergias;
  • confira a data de validade dos filtros de água;
  • etc.

4. Nunca permita os famosos “atalhos”

Às vezes, os atalhos que os funcionários tomam durante o serviço podem ser poupadores de tempo. Porém, lembre-os sempre de que os procedimentos de segurança existem para serem seguidos.

Então, se um de seus empregados precisar colocar um capacete para checar um detalhe minúsculo de algo, que coloque. O mesmo vale para uso de outros materiais como óculos, luvas, máscaras etc.

É importante entender que a melhor saída é se certificar de que todas as diretrizes e instruções de segurança estejam sendo seguidas corretamente.

5. Realize exercícios de emergência

Os exercícios de emergência são uma ferramenta importante para garantir a segurança da sua equipe. Afinal, eles ajudam os funcionários a aprender como lidar com possíveis emergências sem confusão e incertezas.

Então, por exemplo, em caso de incêndio, seus funcionários devem saber se mover de maneira ordenada em direção às saídas de emergência mais próximas.

Garanta que todos participem desses exercícios e prestem atenção a todos eles (inclusive você).

6. Inspecione todos os aspectos da empresa regularmente

Todos os processos e equipamentos de trabalho devem ser inspecionados periodicamente. Esse costume é excelente porque revela muitas armadilhas “escondidas” no sistema e oferece a oportunidade de resolvê-las antes que os problemas apareçam.

Além das máquinas utilizadas, atente-se a outros detalhes como:

  • manutenção dos elevadores;
  • checagem dos filtros de água;
  • checagem dos tubos do ar condicionado;
  • conferência da rede elétrica do local;
  • etc.

Enfim…

A realidade é que, em qualquer empresa, deve haver uma cultura de que a saúde e segurança são da responsabilidade de todos. Certifique-se de que seus funcionários entendam isso, e receba todas as recompensas no futuro.

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.