Como controlar o estresse e a ansiedade do jeito certo?

Homem idoso feliz lendo um livro para controlar a ansiedade e o estresse na quarentena

Infelizmente, o estresse e a ansiedade são experiências muito comuns para a maioria das pessoas. Em tempos de COVID-19 e isolamento social, então, nem se fala. As novas realidades do trabalho em casa, desemprego temporários, educação escolar virtual etc levam tempo para se ajeitarem.
Felizmente, há muitas coisas que podemos fazer pela nossa saúde emocional, seja em plena pandemia ou fora dela. Continue conosco para aprender algumas técnicas e estratégias para aliviar os momentos de tensão.

Pratique exercícios

O exercício físico é uma das coisas mais importantes que você pode fazer pela sua saúde emocional. Afinal, além de arejar um pouco a cabeça, movimentar bastante o corpo libera hormônios como endorfina (o da felicidade) e cortisol (reduz inflamações e controla o estresse).
São outros benefícios que uma boa atividade física pode fazer por nós:

  • melhora a qualidade do sono;
  • aumenta a disposição;
  • melhora o humor;
  • promove mais capacidade de foco.

Medite

É simples. Sente-se em linha reta com as pernas cruzadas, deite-se ou encontre a melhor posição para você. Feche seus olhos, concentre-se na própria respiração e, depois de alguns minutos, repita para si mesmo(a) alguns mantras positivos como “estou bem”, “está tudo bem”, “eu me amo”, “estou protegido(a)” etc.
Além disso, caso você fique um pouco perdido no começo, conte com a ajuda de alguns aplicativos próprios para isso, ou peça ajuda a alguém que já tem experiência nessa prática.
Acredite: alguns minutos de meditação por dia são capazes de melhorar nossa saúde emocional em todos os sentidos, desde a qualidade do sono e descanso da mente até as capacidades de foco e atenção.

Diminua o consumo de cafeína

A cafeína é um estimulante encontrado em muito mais coisas do que imaginamos. Para além do café, esse composto está nos chás, chocolates, bebidas energéticas, refrigerantes etc.
E como ele age em nosso organismo? Estimulando a produção de adrenalina, o hormônio responsável pelo nosso estado de alerta. Por isso, quando uma pessoa é acostumada a tomar bastante café por dia, ou ingerir alimentos que contenham cafeína, é natural que ela se sinta mais ansiosa e “ligada no 220”.
Essa pode até ser uma boa sensação para quem está com muito sono ou preguiça. Porém, a longo prazo, esse estado costuma provocar ondas de ansiedade, insônia e até mesmo mau humor.
Sendo assim, a melhor alternativa para manter a saúde emocional, principalmente em épocas mais difíceis, é maneirar um pouco na cafeína.

Procure por ajuda profissional

Se você acha que passa a maior parte do tempo angustiado(a), triste, ansioso ou com muito medo, o melhor a se fazer é procurar por ajuda profissional. Isso inclui psicólogos, psiquiatras e guias espirituais.
Não tenha medo ou vergonha de pedir ajuda. Com saúde emocional não se brinca.

E, por fim: não abra mão dos pequenos momentos de felicidade

Separe um momento do dia para fazer aquilo que gosta. Pode ser assistir uma série, ler um bom livro, escutar música/podcasts, dançar, cuidar da pele, fazer um “mini spa”, conversar com as pessoas que mais ama e por aí vai.
Para além das obrigações, não podemos esquecer que a vida também deve ser repleta de prazeres e momentos leves. Portanto, não abra mão deles.
No mais, lembre-se de que a saúde física é realmente importante e, de fato, é a que mais “acusa” nossos problemas de um jeito evidente, por meio das dores, desconfortos, manchas etc. Porém, cuidar da saúde emocional é essencial porque, em primeiro lugar, ela é lenta e silenciosa. E em segundo, é por causa dela que todo o resto do nosso organismo funciona da forma como deveria. É aquele velho ditado: mente sã, corpo são.

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.

Vinkmag ad

Psicologia

Médica oftalmologista e idealizadora do Convite à Saúde. Atualmente atende na Clínica Advision, nas especialidades de plástica ocular e cirurgia de catarata. Paralelamente, escreve e coordena o departamento de redação do portal, além de prestar consultoria na área de auditoria médica.

Post Relacionados

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *