Como funciona uma avaliação para a harmonização facial?

Close de rosto de mulher com mão de dermatologista medindo partes dele para fazer a avaliação da harmonização facial

A busca por uma rosto mais belo e harmônico, baseia-se em dois pontos principais: simetria e proporção. Em outras palavras, é seguro afirmar que existe, sim, uma espécie de “fórmula matemática” para a beleza.

Quando um paciente deseja fazer uma harmonização facial, a primeira etapa para determinar quais procedimentos serão realizados consiste em uma análise do rosto. Dessa forma, conseguimos alinhar as expectativas do paciente à realidade e, claro, conseguir todas as informações necessárias para um bom planejamento.

No mais, é sempre importante lembrar que a beleza, em si, não é algo que pode ser medido ou 100% determinado. Afinal, o que é magnífico para mim não é necessariamente atrativo para outra pessoa e vice-versa.

Porém, quando pensamos na ideia do “belo”, muito relacionada à simetria, esse procedimento é uma excelente opção para quem deseja uma face com medidas mais harmônicas.

Pensando nisso, separei o artigo de hoje para contar a vocês como a avaliação para harmonização facial funciona, e o que os pacientes precisam entender sobre ela. Vamos lá?

Primeiramente: o que é a harmonização facial?

É um procedimento que combina várias técnicas diferentes (e pouco invasivas) para tornar o rosto de uma pessoa mais simétrico e harmônico.

Os métodos utilizados, claro, dependem muito das características do paciente (incluindo idade, tipo de pele, condições extras etc) e do que ele deseja. Ou seja? Não existe uma receita pronta e universal para uma face “bonita”, mas sim uma forma de se chegar a esse resultado considerandos particularidades de cada caso.

No mais, para saber TODOS os detalhes sobre a harmonização facial, é só clicar aqui.

E como o profissional sabe exatamente do que o paciente precisa?

O primeiro passo para escolher quais procedimentos fazer é, logicamente, uma análise do rosto do paciente. Os dois principais métodos utilizados para avaliar as proporções faciais de uma pessoa são:

  • cefalometria: é uma técnica muito utilizada para calcular as medidas e dimensões do crânio e face, incluindo seus ângulos e contornos.
  • proporção áurea, máscara de Phi ou o “razão de ouro”: é uma constante matemática que representa harmonia e simetria. Dois valores estão em razão áurea quando a divisão do maior pelo menor resulta em 1,6180. Essa proporção, quando encontrada na natureza, arte, música e design, torna os objetos mais agradáveis aos olhos humanos.

Proporção áurea e a face humana

Esteticamente, um rosto harmônico e percebido como belo, se enquadra na razão áurea. Estudando estas faces “perfeitas” descobriu-se que algumas medidas são proporcionais:

Mulher com duas regiões do seu rosto marcadas para comparação da proporção entre elas

a distância do canto externo da boca até o queixo é proporcional à distância do canto da boca até o canto externo do olho

Mulher com duas regiões do seu rosto marcadas para comparação da proporção entre elas

a distância da base do nariz ao queixo é proporcional à distância entre a base do nariz e a linha do cabelo na razão de 1,618

Mulher com duas regiões do seu rosto marcadas para comparação da proporção entre elas

a medida da largura do nariz e da boca são proporcionais na razão de 1,618

Mulher com duas regiões do seu rosto marcadas para comparação da proporção entre elas

a medida da distância entre os dois cantos externos dos olhos é proporcional à medida da distância entre as têmporas na razão de 1,618

Mulher com duas regiões do seu rosto marcadas para comparação da proporção entre elas

a distância da base do nariz ao queixo é igual

à distância entre a base do nariz e a parte inferior da testa

Máscara da beleza de Marquardt

Stephen Marquardt, um cirurgião plástico americano, usando cálculos matemáticos e a razão áurea, desenvolveu as “máscaras da beleza”, que definem as proporções consideradas ideais para os rostos femininos e masculinos.

Máscara da Beleza de Marquardt
Fonte: https://www.beautyanalysis.com/research/perfect-face/facial-masks/

A máscara, sobreposta a uma foto, torna possível avaliar as medidas do rosto em relação ao padrão originado da razão áurea. Os dados obtidos nessa análise ajudam o médico no planejamento dos procedimentos estéticos que buscam a harmonização facial.

3 fotos de uma mesma mulher. Uma antes das modificações, outra com a Máscara da Beleza de Marquardt e outra após a modificações
Fonte: http://www.goldennumber.net/beauty/
Acesse o vídeo do processo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=N4fUjzqCC-8&hd=1

Ideal de beleza

E aí? Você acha que a proporção áurea realmente interfere na beleza e harmonia da face? Bem, é o que dizem os cientistas. Porém, uma coisa é certa… A beleza de cada um de nós é única e está também nos olhos de quem vê.

Busque harmonizar seu rosto de forma natural e realce a beleza que COM CERTEZA já existe em você!

Um abraço, e até a próxima!

 

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.

Dermatologia

Médico, especialista em dermatologia. Especialista em tratamentos dermatológicos cosmiátricos e em laser.

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *